Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Revista das ITCPs?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

LÍNGUAS ADMITIDAS PARA SUBMISSÃO: português, espanhol, francês, inglês e italiano.

ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS - espaçamento padrão: 1,5 linha

Formatação da página: A-4, retrato, com margens de 2cm em todos os lados.

Título: Times New Roman, fonte 14, em negrito, centralizado

Subtítulo (se houver): Times New Roman, fonte 12, em negrito, centralizado

Dois espaçamentos entre título/subtítulo e autor

Autor(es): O trabalho poderá ser assinado por até 6 autores/autoras, ou por nome de identificação coletiva (por exemplo: ITCP UFRJ). Entretanto, nenhum nome ou indicação de autoria deve constar no arquivo que será enviado para submissão. Se aprovado, o(s) nome(s) serão solicitados.

Qualificação do(a) autor(a) - em nota de rodapé, com numeração automática, contendo: titulação e vínculo institucional (incluindo instituição + projeto/programa/ação). Times New Roman 10, espaçamento simples, justificado.

TEXTO

Times New Roman, fonte 12, espaçamento 1,5 linha, justificado, início de parágrafo com recuo de 1,25 cm.

Diferentes seções no texto podem conter título-de-seção, com a seguinte formatação: linha em branco após a seção anterior; Times New Roman, fonte 12, itálico, espaçamento 1,5 linha, alinhado à esquerda.

NOTAS DE RODAPÉ

Numeração automática, Times New Roman, fonte 10, justificado.

CITAÇÕES

De até 3 linhas, no corpo do texto: entre aspas, em itálico.

Com mais de tres linhas: destacada do texto, Times New Roman, fonte 11, 3 cm de recuo em relação à margem esquerda, justificado, sem recuo na primeira linha.

REFERÊNCIAS NO TEXTO

Como parte do texto: em caixa baixa, com ano de publicação e página (opcional) entre parêntes.

Exemplo: 'esta posição, defendida naquele momento por Flávio Coutinho (2004, p.12) foi refutada por seus adversários teóricos (...)'.

Como referência apenas, no corpo do texto ou após a citação: em caixa alta, com diferentes textos separados por ponto e vírgula, e cada texto com separação de vírgula entre autor, ano e página/opcional).

Exemplo 1: 'o conceito de tecnologia social se aplica a um contexto de crescente questionamento sobre a neutralidade da ciência (DAGNINO, 2004, p. 11; BRANDÃO, NOVAES, 2006; e outros) e não pode ser descrito de forma simplificada por (...).'

Exemplo 2: '(...) o que significa que a economia solidária representa uma alternativa dos trabalhadores ao desemprego. (SINGER, 2002, p. 25).

BIBLIOGRAFIA (REFERÊNCIAS CITADAS)

Exemplos:

(i) Artigo de revista ou capítulo de livro

FONTANA, Carla; LEMOS JR., Rafael; NOBRE, Marina. A persistência da cultura do assalariamento. In: CASEMIRO, Joaquim et al. Os desafios da autogestão. Braga/Portugal, Ed. Navegantes, 2012. pp. 23-39.

SANDOVAL, Júlio Roberto. Psicologia social e economia solidária: conhecimentos parceiros. In: Revista Cooperação e Solidariedade, n.11. Revista eletrônica, CEPES/UNPO, 2013. 19 pp. Disponível em: http://www.unpo.edu.br/cepes/revista11_psicologia-social-e-economia-solidaria.pdf. Acessado em 15/07/2015.

(ii) Livro

KASMIR, Sharryn. El mito de Mondragón. Bilbao, Txlaparta, 1999. 273 pp.

SINGER, Paul; SOUZA, André Ricardo. A economia solidária no Brasil - a autogestão como resposta ao desemprego. São Paulo, Contexto, 2002. 378 pp.

(iii) Monografia, dissertação ou tese

OCUNI, José Carlos Mbene. Técnicas de cultivo de tomate orgânico em estufa para regiões tropicais.  Dissertação de mestrado em agroecologia. Programa de Pós-Graduação em Agroecologia, Universidade Eduardo Mondlane, Maputo/Moçambique, 2014. 145 pp.

PANZINI, Daniela Bertolo. Design de raiz popular: o artesanato do capim dourado no Jalapão tocantinense. Tese de doutorado em design. PPGD/Escola de Design, Universidade Estadual de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2011. Disponível em: http://www.ppgd.uemg.br/teses/design-de-raiz-popular.pdf. Acessado em 23/04/2015.

(iv) Comunicação em eventos científicos / Anais

MITSUGUCHI, André; SILVEIRA, Stephanie; COUTO, Jasmine de Oliveira. Ferramentas para o ensino de matemática em experiências de bancos comunitários. In: XII Encontro Nacional de Didática da Matemática para Jovens e Adultos.  Belém, UFPA, 2014. Mídia digital (CD).

CLASEN, Carolina Reichow. Com quantos paus se faz uma canoa? O conceito de 'grupo' e de 'rede' nas práticas da economia solidária. In: XXXIII Encontro Anual da ANPOCS. Caxambu, 2012. Disponível em: http://www.anpocs.org.br/anais_33_encontro/com-quantos-paus-se-faz-uma-canoa.pdf/. Acesso em 12/05/2015.

(v) Lei ou artigo de lei.

BRASIL. Lei nº 5.764, de 16 de dezembro de 1971. Define a política nacional de cooperativismo, institui o regime jurídico das sociedade cooperativas e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, v. 134, n. 248, 22 dez. 1971.Seção I, p. 27834-27841. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L5764.htm. Acesso em 12/04/2016.

BRASIL. Artigo 12, parágrafo 1º, inciso III da Lei nº 5.764, de 16 de dezembro de 1971 [Define a política nacional de cooperativismo, institui o regime jurídico das sociedade cooperativas e dá outras providências]. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, v. 134, n. 248, 22 dez. 1971.Seção I, p. 27834-27841. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L5764.htm. Acesso em 12/04/2016.

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. O texto está gravado em arquivo com um dos seguintes formatos: LibreOffice Writer, OpenOffice Writer, RTF ou Microsoft Word.
  2. O artigo não contém mais que 7.000 (sete mil) palavras, computando-se todo o documento contido no arquivo a ser enviado (resumo, abstract, palavras-chave, texto, notas e referências bibliográficas). Se a comunicação é um "relato de experiência", o arquivo não contém mais que 5.000 (cinco mil) palavras, seguindo-se as mesmas condições.
  3. O arquivo enviado (upload) para submissão não contém qualquer indicação sobre nome(s) de autor/a (es/as) e/ou ou seus respectivos vínculos institucionais. O número máximo de autores permitidos é 6 (seis).
  4. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na seção “Sobre a Revista”.
  5. O texto submetido não foi publicado anteriormente, na mesma língua em que está sendo apresentado, em nenhuma outra revista ou livro (impressos ou eletrônicos).
  6. O texto está expresso em uma das seguintes línguas: português, espanhol, francês, inglês ou italiano. O artigo contém um "abstract" em inglês e um "resumo" em português (independente da língua em que está escrito). Caso o texto esteja expresso num terceiro idioma, poderá conter também um resumo nesta língua.
 

Declaração de Direito Autoral

Autoras/autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

O acesso aos trabalhos publicados é livre e gratuito, sem pagamentos de direito autoral ou de qualquer outra natureza, nem pela revista, nem pelas/pelos autoras/autores, nem pelas/pelos leitoras/leitores ou por qualquer outro agente.

Autoras e autores concordam com a livre reprodução dos trabalhos, desde que na íntegra, com os devidos créditos de autoria e sem fins lucrativos.

Citações de trechos dos trabalhos publicados são igualmente livres, desde que devidamente creditadas.

Estes termos estão de acordo com o protocolo/licença de tipo "Creative Commons - 4.0 [CC Attribution, Non Commercial, No Derivatives"], que pode ser acessado pela URL http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0.

 

 

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.