VIABILIDADE E MÉTODOS PARA SUPERAÇÃO DE DORMÊNCIA E ANÁLISE BIOMÉTRICA DAS SEMENTES DE PUERÁRIA

Romário de Mesquita Pinheiro, Vinicius Guilherme Kiesow Macedo, Vanessa Nogueira Soares, Lilian Vanussa Madruga de Tunes, Andréia da Silva Almeida

Resumo


A Pueraria phaseoloides é uma espécie forrageira, de importância na Amazônia devido ao uso na nutrição animal e correção de solo e muito utilizada como cobertura verde, porém esta espécie apresenta altos índices de dormência. A pesquisa foi realizada com o objetivo de verificar a possibilidade de superar a dormência por meio de cinco tratamentos, escarificação com punção, água por 24 horas, água por 8 horas, água a 80 °C por 5 minutos, lixa mais a testemunha, paralelamente, avaliou-se a germinação destas sementes quanto à coloração, estas foram separadas em pretas, vermelha clara, vermelhas escuras e mistas. Para esta finalidade, um lote de sementes de P. phaseoloides, foi submetido a três diferentes formas de avaliação, coloração tegumento, escarificação e caracterização biométrica. Foram realizadas avaliações de germinação quanto à forma de escarificação, germinação pela diferença de coloração do tegumento e caracterização biométrica do lote de sementes, neste foi avaliado, comprimento, largura, espessura e peso da massa fresca das sementes. Observou-se que: a) As sementes quando submetidas às diferentes formas de escarificação, os métodos que se mostraram com melhor potencial de superação de dormência foram os métodos de escarificação mecânica por meio de punção e lixa; b) Quando as sementes foram separadas pela coloração, para verificar em qual coloração as sementes apresentariam maior dormência, notou-se que as sementes de coloração pretas, tiveram um melhor desempenho do que as demais colorações; c) Quanto à avaliação morfométrica das sementes P. phaseoloides, dentre as variáveis analisadas a massa fresca foi a que apresentou maior coeficiente de variação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/rbes.v6i1.13751