Organofilização de argila e sua aplicação como reforço em nanocompósitos com matriz de policarbonato/poli(acrilonitrila-butadieno-estireno)

Jonas Eichelberger Granada, Gabriela Escobar Hochmuller da Silva, Cesar Augusto Gonçalves Beatrice, Paulo Roberto dos Reis da Rosa, Amanda Dantas de Oliveira

Resumo


A organofilização de argilas bentonitas com sal quaternário de amônio foi avaliada como meio de se obter nanopartículas de argila atuando como reforço em nanocompósitos com matriz de policarbonato/poli(acrilonitrila-butadieno-estireno). A caracterização por difração de raios-x da argila organofilizada mostra um aumento no espaçamento basal da montmorilonita quando comparada a argila natural. Os espectros de espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourrier confirmaram a troca dos cátions inorgânicos da argila natural pelos cátions orgânicos de amônio do modificador orgânico.  Os nanocompósitos foram preparados por mistura no estado fundido em uma extrusora monorosca. Os resultados mostraram um aumento de 49% na resistência ao impacto com a adição de 1% em massa de argila organofílica nos nanocompósitos quando comparado a blenda sem reforço. Imagens obtidas por microscopia eletrônica de varredura mostraram um refinamento na morfologia co-contínua da blenda policarbonato/acrilonitrila-butadieno-estireno com a adição de 1% em massa de argila organofílica.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/rbes.v5iEsp.14405