Aproveitamento energético de resíduos da indústria moveleira

Luan Silva, Lucas Oliveira, Helder Silva, Pablo Sousa, Denes Barros

Resumo


A utilização racional e eficiente da biomassa incorporada a tecnologias adequadas, é uma das melhores alternativas para aproveitamento da matéria prima para produção energética. Neste contexto, o presente estudo objetivou a caracterização do carvão vegetal produzido a partir de resíduos de madeira de espécies florestais quanto as propriedades físicas e químicas. O processo de carbonização foi realizado em um forno tipo Mulfla, com taxa de aquecimento de 1,6 °C/min-1, a 500 °C, permanecendo neste patamar por 30 minutos. O rendimento gravimétrico apresentou valores acima de 30%, indicado para a produção de carvão vegetal. A densidade básica da madeira apresentou correlação com a densidade aparente do carvão. A análise de voláteis (23,51%), carbono fixo (75,68%) e cinzas (0,80%) do carvão produzido com valores satisfatório para uso doméstico e siderúrgico.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/rbes.v5i2.14557