VIGOR DE LOTES DE SEMENTES DE ARROZ: COMPARAÇÃO ENTRE MÉTODOS PARA AVALIAÇÃO DA QUALIDADE FISIOLÓGICA

Rafael Vergara, Arieli Paula Nadal, Alexandre Gazolla Neto, Samuel Silveira Zanoni, Gizele Ingrid Gadotti

Resumo


A cultura do arroz apresenta grande importância para região sul do Brasil, tendo esta região a maior área semeada e o maior centro industrial para o bene ciamento da cultura. Neste contexto a utilização de sementes de alta qualidade apresenta destacável papel na obtenção de melhores níveis de produção na cultura. Neste sentido, objetivou-se avaliar o comportamento da semente de lotes de três cultivares de arroz irrigado quando submetidas a diferentes metodologias de teste de vigor. Foram utilizados cinco lotes de sementes de arroz (Oryza sativaL.) oriundos de três cultivares, IRGA 424 RI, Guri INTA CL e Puitá INTA CL, totalizando quinze lotes. Para avaliação do vigor dos lotes foram utilizados os testes de emergência a campo, teste de frio e envelhecimento acelerado, sendo este último avaliado em períodos de 48, 72 e 96h com temperatura de 41°C. Observou-se in uência da cultivar na e ciência dos diferentes testes utilizados, de tal forma que a utilização de cada metodologia apresentou diferentes níveis de sensibilidade para detecção de vigor para cada material genético utilizado.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/rbes.v6i1.14918