Aplicação da análise multivariada nos parâmetros de qualidade da água do Rio Piratini – RS

Luana Nunes Centeno, Samanta Tolentino Cecconello, Hugo Alexandre Soares Guedes, Luis Carlos Timm, Robson Andreazza, Diuliana Leandro

Resumo


Para avaliar um manancial procura-se utilizar ferramentas que diminuam os custos com análises laboratoriais, avaliem simultaneamente múltiplas variáveis de qualidade da água e possibilitem interpretar mais facilmente os resultados das análises laboratoriais. Diante disto objetivou-se aplicar a técnica de agrupamento visando reduzir o número de variáveis e utilizar a análise de componentes principais/análise fatorial para identificar as possíveis principais fontes de poluição em um ponto específicos do Rio Piratini/RS. Para isso utilizou-se dados secundários de qualidade da água, disponibilizados pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luis Roessler. Primeiramente empregou-se a análise de agrupamento onde reduziu-se o número de variáveis, de 13 para 10, posteriormente aplicou-se a análise de componentes principais/análise fatorial, onde se obteve a formação de duas componentes principais sendo que a CP1 apresentou como possível fonte de poluição, os despejos industriais e atividades agrícolas e a CP2 teve como possível fonte de poluição despejos domésticos. Através deste estudo foi possível concluir que as técnicas de análise estatística multivariada empregadas neste estudo, possibilitaram: a redução do número de variáveis, a identificação das possíveis fontes de poluição, a interpretação dos dados de qualidade da água de forma menos complexa e ainda reduziu os custos laboratoriais com análises.


Palavras-chave


análise de componentes principais; análise fatorial; análise de agrupamento; fontes de poluição

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/rbes.v2i2.9018