Agronegócio e Educação: o trabalho docente e a pedagogia da hegemonia

Rodrigo de Azevedo Cruz Lamosa

Resumo


A Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG), entidade nacional fundada em Brasília, em 1993, realiza o Programa Educacional Agronegócio na Escola, desde 2001, nas escolas públicas. O objetivo do artigo foi analisar o papel dos professores no projeto de hegemonia da associação. Foi utilizada como procedimentos de coleta de dados a revisão de literatura e entrevistas com dezessete docentes. Concluímos que a ABAG assumiu a tarefa histórica de “Partido do Agronegócio”, articulando na sociedade civil a formação de uma dupla camada de intelectuais orgânicos e a difusão da autoimagem associada à responsabilidade socioambiental. Os professores das escolas públicas vêm sendo assimilados para o papel da difusão de uma autoimagem do agronegócio.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/caduc.v0i60.11003