O Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE): contextos e discursos

Dulce Mari da Silva Voss

Resumo


O objetivo central deste texto é analisar os discursos e o contexto político de produção dos textos oficiais referentes ao Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), lançado em 2007 pelo governo federal, utilizando ferramentas teórico-metodológicas da Abordagem do Ciclo de Políticas de Stephen Ball e seus colaboradores e da análise de discurso com base em Foucault. Busco descrever as circunstâncias políticas que influenciam a produção dos documentos e analisar os efeitos provocados pelas reformas na Educação Básica, como a produção dos discursos de responsabilização e mobilização social e das práticas gerencialistas e performativas que visam melhorar resultados no ensino, em termos de reprovação e evasão escolar e melhorar desempenhos dos alunos nas avaliações do MEC. 
Palavras-chave: reformas educacionais; contextos políticos; discursos.
The Education Development Plan: contexts and discourses
Abstract
The main objective of this paper is to analyze the discourses and the political context of production of official texts related to the Education Development Plan (EDP), launched by the federal government in 2007, using both theoretical-methodological tools from Stephen Ball’s Policy Cycle Approach, and discourse analysis based in Foucault. I seek to describe the political circumstances that act in the production of the documents, and analyze the effects caused by reforms in Basic Education, as the production of discourses of accountability and social mobilization, and of managerialist and performative practices that aim at improving teaching results, in terms of school failure and evasion, as well as improving students' performances in the assessments promoted by MEC. 
Keywords: educational reforms; political contexts; discourses.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15210/caduc.v0i38.1542