ORCID

A editoria da Interfaces Brasil/Canadá reconhece a disseminação da panaceia em torno do ORCID, incentivada pela CAPES e por técnicos em Biblioteconomia ciosos de seu campo de expertise. Basicamente, o ORCID é mais um cadastro e mais número que, espera-se, as pessoas tenham agora de carregar. É uma espécie de RG acadêmico badalado internacionalmente, um código digital que permite identificar individualmente pesquisadores e seus trabalhos. Não obstante o entusiasmo da CAPES e de certos indexadores de revistas acadêmicas para com o ORCID, são notórios os conflitos desse sistema com a base Lattes e com a Base SEER/OJS. Para inserir o número ORCID no seu cadastro da Base SEER/OJS, a orientação é para que o autor retire o “S” do “HTTP” conforme o exemplo: http://orcid.org/0000-0002-8968-006X . Além disso, esse número deve ser digitado manualmente, letrinha por letrinha, ao invés de se copiar e colar. Se esse procedimento não for seguido, o sistema não reconhecerá o número ORCID e o cadastro do autor não será completado.