Orientalismo Canadian way: uma performance político-burlesca

Sonia Torres

Resumo


O artigo é uma discussão da peça Ali and Ali - The Deportation Hearings, uma sátira política que personifica a figura do refugiado em busca de superação de sua condição de alteridade e, no processo, acaba por expor as consequências da guerra contra o terror, na forma de perseguição violenta à diferença cultural. A peça expõe mecanismos de controle social e hierarquia cultural, questionando a mitologia canadense de ser uma nação pacífica e hospitaleira, que recebe o mundo de braços abertos. Argumentarei que, através de uma rede de processos e discursos criticados pelos artistas Guillermo Verdecchia, Marcus Youssef e Camyar Chai, a performance sob escrutínio apresenta uma arena que propicia a reflexão sobre práticas políticas, através de um processo que leva em consideração questões como identidade nacional, memória cultural, cidadania, continuidades e deslocamentos e expatriação. Um ponto a ser explorado será o diálogo que a performance produz com outros "espetáculos" (econômicos, políticos, globais, interculturais) dos quais participa.

Palavras-chave


Orientalismo Canadian way. Performance político- -burlesca

Texto completo:

PDF

Referências


AUSLANDER, Phillip, ed. Performance: Critical concepts in literary and cultural studies. London, New York: Routledge, 2003.

BOZIKOVIC, Alex. [entrevista com os atores de The Deportation Hearings] “Satirically yours: new play takes on the Iraq War, cultural stereotypes and Canadian multi-culti theatre”. Eye Weekly online, 02/12/2004. Disp.: (citado em trad. livre)

BROWN, DeNeen L. “Canadians' Culture of Tolerance Is Tested by Cases Against Arabs”, The Washington Post, Dez 17, 2003, seção A, p.34. (citado em trad. livre)

BUSH, George W. “President Bush Addresses the Nation”, The Washington Post [online], 20 set. 2001. Disp. (citado em trad. livre)

CARLSON, Marvin. Performance: A critical introduction. London/New York: Routledge, 1996.

GIKANDI, Simon. “Obama as Text: The Crisis of Double-Consciousness”. Comparative American Studies, v. 10, n. 2-3, p. 211-225, 2012.

GREEN, Roedy. “Anyone But Harper”, site CANADIAN MIND PRODUCTS. Disp: (citação em trad. livre)

JAMESON, Fredric. “Postmodernism, or the Cultural Logic of Late Capitalism”. New Left Review, v. 146, p. 53-92, 1984.

MCINTOSH, Andrew. Canadian Dependency, U.S. Hegemony, and the Amorphousness of English Canadian Culture, Dissertação de Mestrado, University of North Texas, 1999.

MORRISON, Toni. “Talk of the Town”. New Yorker [online], outubro de 1998a, p. 5. Disp. (citação em trad. livre)

_____. Toni Morrison’s letter to Barack Obama. New York Observer [online], 28. Janeiro de 1998b. Disp. http://www.observer.com/2008/01/toni-morrisons-letter-to-barack-obama/ (citação em trad. livre)

NEVAER, Louis, “For Mexico and Canada, the ‘War on Terror’ is Over”, Common Dreams, 24 set. 2009. Disp. (citado em trad. livre)

TORRES, Sonia. “Fronteiras movediças inter-americanas: Fronteras americanas/American Borders de Guillermo Verdecchia”, in Identidades em trânsito, org. Maria Bernadette Porto. Niterói: EdUFF; ABECAN, 2004, p. 137-150.

VERDECCHIA, Guillermo; YOUSSEF, Marcus; CAMYAR, Chai. The Adventures of Ali & Ali and the AXes of Evil – A divertimento for warlords. Vancouver:Talonbooks, 2005.

_____. Ali & Ali: The Deportation Hearings. Vancouver: Talonbooks, 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.15210/interfaces.v14i2.6759

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN eletrônico: 1984-5677

ISSN impresso: 1519-0994