Políticas Editoriais

Foco e Escopo

O periódico Cadernos do LEPAARQ é uma publicação semestral eletrônica do Laboratório de Ensino e Pesquisa em Antropologia e Arqueologia, do Instituto de Ciências Humanas, mantido pela Universidade Federal de Pelotas (LEPAARQ/ICH/UFPEL). Seu escopo é a divulgação científica nas áreas de Antropologia, Arqueologia e Patrimônio, publicando as seguintes sessões: (1) artigos, (2) relatórios e notícias institucionais, (3) resenhas, (4) notas de pesquisa, (5) ensaios visuais, (6) Traduções e (7) Dossiês.

Os Cadernos são dirigidos a um público acadêmico. Tem o propósito de ampliar o debate conceitual e a reflexão sobre as práticas concernentes às intervenções no âmbito do patrimônio cultural, em suas dimensões material e imaterial, considerando tanto ações científico-acadêmicas quanto àquelas resultantes de políticas públicas. Desse modo, preocupam-se tanto com a dimensão teórica do trabalho acadêmico, quanto com a prática das ações de gestão de memória e patrimônio, as quais envolvem complexas interações formais e informais entre a universidade, a comunidade, a iniciativa privada e os órgãos públicos.

Com o intuito de aprimorar as ações desenvolvidas no âmbito da gestão de memória e de patrimônio material e imaterial, publica textos referentes à organização de acervos (arqueológicos, antropológicos, museológicos, etc.) e a projetos de potencialização do uso social e cultural dos mesmos (educação patrimonial, turismo cultural, etc.), tomando por alvo os públicos acadêmicos (professores e estudantes) e profissionais, das mais diversas áreas do saber.

A política editorial pauta-se nos seguintes princípios: a liberdade de abordagens e a universalidade dos temas de pesquisa a que está aberta; o desenvolvimento da consciência patrimonial, referente ao patrimônio material e imaterial, os quais são objetos de estudo da Arqueologia e Antropologia; divulgação de estudos de autores nacionais e estrangeiros relativos a questões pungentes sobre as áreas em foco, tais como debates teóricos e metodológicos, educação, legislação, gênero, entre outras. Os trabalhos a serem publicados devem ser originais e inéditos.

 

 

 

Políticas de Seção

Artigos

artigos: Serão publicados artigos nas áreas de Antropologia, Arqueologia e Patrimônio Cultural, com o máximo de 35 mil caracteres.

Mapas arqueológicos devem ser georeferenciados e com boa resolução e devem ser acompanhados de tabelas descritivas sobre os sítios arqueológicos, com colunas contendo, pelo menos, as seguintes informações: Estado, município, localidade, nome do curso d´água, coordenadas (geográficas ou UTM) 

 

Em caso de publicação de datações arqueológicas, é necessário que seja apresentada a data convencional, o valor calibrado, o nome do laboratório e o número do protocolo.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

 Resenhas: Serão aceitas resenhas de obras recentes, nacionais ou estrangeiras, publicadas há até 3 anos, com o máximo de 8.500 caracteres.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Traduções

Serão aceitas traduções de textos das áreas de Antropologia, Arquelogia e Patrimônio de qualquer língua aceita nos Cadernos do LEPAARQ. A autorização da tradução, junto à autoria e editora originais, se necessária, é de total responsabilidade do tradutor.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Relatórios e notícias institucionais

Relatórios e notícias institucionais: Nssa seção serão aceitos textos com caráter relatorial, em que as interpretações científicas sejam menos consistentes e desenvolvidas se comparadas a um artigo. Da mesma forma, os textos de notícias institucionais devem conter os dados brutos de relatórios de pesquisa, eventos científicos ou outro tipo de atividade acadêmica. Os textos devem conter, no máximo,25 mil caracteres.

Mapas arqueológicos devem ser georeferenciados e com boa resolução e devem ser acompanhados de tabelas descritivas sobre os sítios arqueológicos, com colunas contendo, pelo menos, as seguintes informações: Estado, município, localidade, nome do curso d´água, coordenadas (geográficas ou UTM) 

 

Em caso de publicação de datações arqueológicas, é necessário que seja apresentada a data convencional, o valor calibrado, o nome do laboratório e o número do protocolo.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Ensaios Visuais

Ensaio visual: texto predominantemente visual. Apresenta imagens, gravuras, fotografias, desenhos acompanhados de parte textual explicitando a relação entre as imagens e o tema sobre qual versam e que atendam as temáticas da revista. Máximo de 12 laudas.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Notas de Pesquisa

Notas de pesquisa: Relato preliminar mais curto que um artigo, sobre observações de campo, dificuldades e progressos de pesquisa em andamento, ou em fase inicial, enfatizando hipóteses, comentando fontes, resultados parciais, métodos e técnicas utilizados. Até 5 laudas de texto.

Mapas arqueológicos devem ser georeferenciados e com boa resolução e devem ser acompanhados de tabelas descritivas sobre os sítios arqueológicos, com colunas contendo, pelo menos, as seguintes informações: Estado, município, localidade, nome do curso d´água, coordenadas (geográficas ou UTM) 

 

Em caso de publicação de datações arqueológicas, é necessário que seja apresentada a data convencional, o valor calibrado, o nome do laboratório e o número do protocolo.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os Cadernos do LEPAARQ adota o sistema de avaliação por pares duplo-cego (double-blind peer-review). Nessa Modalidade, os manuscritos submetidos serão apreciados por dois ou mais revisores, mantendo-se em segredo a identidade dos avaliadores e dos autores. Em seguida, o autor receberá uma decisão editorial.


O fluxo de avaliação dos manuscritos inicia com uma avaliação preliminar, no qual se avalia se o manuscrito foi enviado dentro das normas editoriais, conforme descrito no item 5.4. Se a formatação não estiver de acordo com as normas, o manuscrito poderá ser rejeitado ou devolvido aos autores para reformulação e adequação. O processo de avaliação do manuscrito somente será iniciado quando o manuscrito estiver devidamente adequado às normas e quando toda documentação exigida no momento da submissão também estiver de acordo.


A segunda etapa na avaliação do manuscrito consiste no envio do mesmo para análise por, no mínimo, dois revisores ad hoc, que irão, por sua vez, enviar um parecer para subsidiar a decisão quanto ao aceite ou recusa do manuscrito. Em caso de discordância dos revisores, um terceiro revisor será acionado, cujo parecer terá peso de desempate.


A decisão em relação ao manuscrito será comunicada aos autores considerando quatro possibilidades: (1) REJEITADO; (2) APROVADO COM CORREÇÕES; e, (3) APROVADO SEM REVISÕES; (4) RESUBMISSÃO.


Em sendo rejeitado, o trabalho será imediatamente arquivado. Em sendo aprovado com revisões, o autor terá um tempo determinado pelos editores para realizar as correções e enviar uma nova versão, a qual, por sua vez, passará por uma nova avaliação dos editores e/ou dos revisores. Em sendo classificado como Resubmissão, o trabalho será reenviado para avaliação de pareceristas. Em sendo aprovado sem revisões, essa nova versão seguirá para edição. Em o trabalho sendo aprovado sem revisões, o mesmo será encaminhado para edição imediatamente.


Em processo editorial, os trabalhos passarão por uma revisão de ortografia e gramática, assim como serão revisados e preparados em layout de publicação pela equipe editorial da revista. Após essa etapa, uma versão pre-print será enviada ao autor para conferência final e aprovação do trabalho.


Após a aprovação do pre-print, o trabalho estará apto a ser publicado.

 

*Via de regra, todo o processo de avaliação, desde a submissão do manuscrito até sua efetiva publicação, leva em média entre 8 e 40 semanas.

 

 

Periodicidade

Os Cadernos do LEPAARQ é uma publicação semestral, portanto cada volume anual corresponde a dois números. A data de submissão dos manuscritos será 31 de dezembro para a primeira edição (janeiro a junho) e 30 de junho para a segunda edição (julho a dezembro).

Atualmente os Cadernos não adotam limites, mínimos ou máximos, para número de artigos por edição. Por ser um periódico de fluxo contínuo, o número de artigos publicados em cada edição corresponderá sempre ao fluxo editorial da revista.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que fornecer conhecimento científico gratuito ao público proporciona maior democratização global do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...