Arquitetura da Alteridade como Subsídio para Requalificação de Imóveis Vazios no Bairro de São José (Leste), no Centro do Recife

Larissa Fonseca da Cunha, ANDRÉA MELO LINS STORCH

Resumo


Os espaços privados das edificações verticais podem se caracterizar por arranjos espaciais internos que possibilitam a coexistência ética entre os moradores. Para que ocorra, é preciso que possuam qualidade, sejam convidativos e propícios para a convivência da alteridade entre as pessoas. É nesse contexto que este trabalho investiga possíveis transformações de um imóvel vazio localizado no centro histórico da cidade do Recife/PE, no bairro de São José (Edifício Concórdia), visando sua requalificação para abrigar o uso de habitação social. Configuram-se elaboração de três indicadores -Pontos de Confluência, Unidades Habitacionais e Atratividade da Zona Limiar- e, assim, se desenvolve o Índice de Coexistência Intersticial (ICI). Juntos, possibilitam a compreensão dos arranjos espaciais internos do edifício, ensejando um maior fluxo de pessoas nas novas áreas de coexistência.


Palavras-chave


Habitação Social; Coexistência Ética; Análise Espacial

Texto completo:

PDF