Um Breve Histórico Sobre a Seção de Tradutores e Intérpretes de Libras da Universidade Federal de Pelotas

Daiana San Martins Goulart, Juliana Sanches dos Santos, Nádia dos Santos Gonçalves Porto

Resumo


https://youtu.be/a_ykEryYFtE  clique aqui 

Este artigo apresenta o percurso histórico da Seção de Tradução e Interpretação de Língua Brasileira de Sinais Libras da Universidade Federal de Pelotas – UFPEL: trajetória de lutas, desafios e conquistas em torno da consolidação desse setor e do profissional Tradutor Intérprete de Língua de Sinais (TILS) dentro da Universidade. Para isso, realizamos um relato a partir das experiências por nós vivenciadas, buscando resgatar os principais acontecimentos que fomentaram a consolidação dessa profissão, nesse espaço, por meio de uma proposta inclusiva. Constatamos que essa Seção emergiu em meio às reivindicações da comunidade surda acadêmica na busca por espaço, reconhecimento e qualificação dos TILS.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15210/revaies.v1i1.20956

DOI (PDF): https://doi.org/10.15210/raies.v1i1.20956.g13105

Apontamentos

  • Não há apontamentos.