O Brasil de P. K. Page: deslocamentos, olhares e viagens.

Sandra Regina Goulart Almeida

Resumo


 
Este trabalho analisa o diário da escritora canadense P K. Page, Brazilian Journal, publicado em 1987 e escrito durante o período de 1957-59 em que a autora acompanhou seu marido diplomata em missão no Brasil. Faz uma leitura do diário de Page como um elemento agenciador do contato do estrangeiro com o Brasil do modernismo. Procura mostrar a visão que Page tem do Brasil analisando como, apesar de constantemente mencionar sua paixão pelo país, Page deixa freqüentemente entrever a inevitável ambigüidade do contato com o outro através do olhar estrangeiro, muitas vezes decodificando imagens estereotipadas de um país exótico e colonizado.

Abstract: This paper analyzes Brazilian Journal, P K. Page’s diary, which, published in 1987, was written between 1957-59 when she lived in Brazil with her husband, the Canadian ambassador. It reads the diary as a mediator in the cultural encounter between the Canadian author and the Brazilian modernist scene as it attempts to map out the gaze that reflects and digests the foreign experience. Despite the constant evocation of her love and passion for the country, Page’s work unravels another level of understanding, unveiling the inevitable ambiguity of the foreign encounter in the contact zone, very often evoking stereotypical images of an exotic and colonized country. 

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/interfaces.v1i1.6288

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN eletrônico: 1984-5677

ISSN impresso: 1519-0994