Da repressão à resistência cultural em “Macumba: Brazil”, de P.K.Page.

Sigrid Renaux

Resumo


 
Partindo das implicações culturais e simbólicas contidas no título “Macumba: Brazil”, este trabalho pretende demonstrar, por meio de um “close reading”, como as reverberações desse ritual religioso sincrético afro-brasileiro impregnam todas as linhas do poema – desde imagens de incessante labuta e submissão até a transformação gradual dos escravos em indivíduos livres e autênticos, ao praticarem seus rituais religiosos nativos. Esse movimento da repressão à liberdade pela resistência cultural propiciada pela macumba destaca não somente a afirmação de P. K. Page de que “sem magia o mundo se torna insuportável”. Projeta também sua aspiração “por uma arte que satisfizesse todos os sentidos”, pelo fato de os diferentes níveis de organização da linguagem (LEECH, 1971) se aglutinarem para trazer à tona o entrelaçamento extraordinário de imagens sensoriais que impregnam o poema.

Abstract: Starting from the cultural and symbolic implications contained in the title “Macumba: Brazil”, this paper intends to demonstrate, by way of a close reading, how the reverberations of this syncretic Afro-Brazilian religious ritual pervade all the lines in the poem – from images of incessant toil and submissiveness to the gradual transformation of the Black slaves into authentic and free individuals as they practice their native religious rituals. This movement from repression to liberty by way of the cultural resistance offered by “macumba” foregrounds not only P.K.Page’s assertion that “without magic the world is not to be borne”. It also highlights her longing “for an art that would satisfy all the senses”, as the different levels of organization of language – realization, form, and semantics (LEECH, 1971) – all coalesce to bring out the extraordinary intermingling of sensuous imagery which impregnates the poem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/interfaces.v3i1.6401

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN eletrônico: 1984-5677

ISSN impresso: 1519-0994