Rádios comunitárias: análise comparativa entre Brasil e Canadá.

Gláucia Conceição Ventura

Resumo


 
Em comemoração aos 20 anos da Associação Mundial de Rádios Comunitárias (AMARC), surgiu a idéia de realizar uma análise comparativa entre as rádios comunitárias do Canadá, país no qual nasceu a Associação, e as do Brasil, que possui uma representação da entidade, a AMARC – Brasil. A AMARC é uma organização não-governamental que apóia a rádio comunitária, conforme os princípios de solidariedade e cooperação internacional, e que reúne cerca de 3000 membros em mais de 100 países, tendo todos os continentes representados em seu Conselho Internacional. Fundamentado em pesquisas anteriores realizadas pela autora sobre radiodifusão comunitária, este trabalho tem como objetivo analisar, sob enfoque comparativo, o movimento de rádios comunitárias nos dois países, em seus mais diversos aspectos, desde o seu conceito até informações sobre a legislação específica.

Abstract: AMARC (World Association of Community Radio Broadcasters) is turning 20 Years old in 2003. Therefore, this comparative analysis between community radios of Canada, the country where the Association was born, and community radios of Brazil, a country that has a representation of AMARC, was done in celebration of the anniversary. AMARC is a non-governmental organization serving the community radio movement, according to principles of solidarity and international cooperation. It assembles about 3000 members in more than 100 countries and all continents are represented on its International Board. The present work is substantiated by previous searches conducted by the author about the theme and it intends to analyze, under a comparative focus, the community radio movement in both countries, in many aspects, from its very definition to information about specific legislation.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/interfaces.v4i1.6455

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN eletrônico: 1984-5677

ISSN impresso: 1519-0994