Enfrentando o desafio da turbulência global: A posição do Brasil no sistema monetário internacional

Antony Peter Mueller

Resumo


Este artigo investiga a posição do Brasil no atual sistema monetário internacional e oferece uma avaliação crítica da capacidade do Brasil de manter sua trajetória recente de alto crescimento econômico e entrar para o clube das maiores economias do futuro. Com base em dados  macroeconômicos, o artigo analisa o desempenho do Brasil na última década e avalia a recente política econômica do governo. A principal conclusão segura é que o Brasil possui um imenso potencial, mas, a fim de utilizá-lo para o benefício da maior parte de sua população, a política macroeconômica não é suficiente. O país precisa urgentemente de  mudanças estruturais profundas a fim de aumentar a produtividade e tornar o país mais competitivo. O atual governo deve abandonar a sua política de gestão da procura e da expansão monetária em favor de profundas reformas estruturais. Enquanto o Brasil é abençoado com uma abundância da natureza, os outros fatores de produção, tais como o capital físico e humano, são subdesenvolvidos, como também é o caso com a capacidade de progresso tecnológico do país. Nós usamos o Canadá como um ponto de referência a fim de destacar algumas das  deficiências da governança brasileira.

Palavras-chave: Brasil; sistema monetário internacional; política econômica; governança

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/interfaces.v13i1.7238

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN eletrônico: 1984-5677

ISSN impresso: 1519-0994