Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira e os desafios da integração perante o racismo contra os/as estudantes africanos/as no Ceará

Osmaria Rosa Souza, Bas´Ilele Malomalo

Resumo


A criação da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, em 2008, apresentou-se como um sinal de aproximação efetiva entre o Brasil e a África, porém, os/as estudantes africanos/as têm denunciado o racismo presente nas cidades em que vivem, no Maciço do Baturité. O presente trabalho pretende compreender de que maneira as práticas de racismo, preconceito e discriminação se manifestam e quais são as medidas institucionais que essa universidade vem tomando para combatê-las. O texto está fundamentado na pesquisa bibliográfica e na pesquisa documental. O argumento que se defende aqui é que o racismo à brasileira é um impedimento para a realização da integração internacional e da cooperação solidária entre os povos.


Palavras-chave


Estudantes africanos. Educação. Internacionalização. Racismo. Integração.

Texto completo:

PDF Português

Referências


BOSCHETTI, I. Política Social – fundamentos e história. São Paulo. Cortez, Biblioteca Básica de Serviço Social, 2006.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional: Lei 9.394/1996 – Rio de Janeiro: Lamparina 2008.

CAXILE, C. R. V. Olhar que Enxerga Além das Efemérides: o Movimento Abolicionista na Província do Ceará. Anais do XVII Encontro Regional de História – O lugar da História. ANPUH/SPUNICAMP. Campinas, 6 a 10 de setembro de 2004. Disponível em: http://www.anpuhsp.org.br/sp/downloads/CD%20XVII/ST%20IV/Carlos%20Rafael%20Vieira%20Caxile.pdf Acesso em fev. 2015.

GOMES, N. L; Vieira, S. L. Construindo uma ponte Brasil-África: a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira (UNILAB). Disponível em: http://revistas.ulusofona.pt/index.php/rleducacao/article/viewFile/4178/2866 . Acesso em 10/06/2014.

MALOMALO, B. A integração Brasil-África: uso e sentido da cooperação solidária nos discursos de Luiz Inácio Lula da Silva. In: FREITAS, Raquel Coelho de; MACHADO SEGUNDO, Hugo de Brito (Org.). Democracia, equidade e cidadania. Curitiba: CRV, 2014. p. 70-91.

______. Repensar o multiculturalismo e o desenvolvimento no Brasil: políticas públicas de ações afirmativas para a população negra (1995-2009). Araraquara: UNESP, 2010. (Tese de doutorado em Sociologia).

MALOMALO, B.; FONSECA, J. D.; BADI, M. K. (Org.). Diáspora africana e migração na era da globalização: experiências de refúgio, estudo, trabalho. Curitiba: CRV, 2015, p. 107-128.




DOI: http://dx.doi.org/10.15210/interfaces.v16i1.7731

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN eletrônico: 1984-5677

ISSN impresso: 1519-0994