A Teoria do Discurso e o Método de Análise: Uma Conversação em Aberto

Kátia Costa Lima Corrêa de Araújo

Resumo


Este artigo objetiva apresentar o método de análise que construímos a partir da teoria do discursode Ernesto Laclau, a fim de analisaro debate da política curricular (1996-2006) considerandodemandas, antagonismos e hegemonia. Argumentamos que o referido debate é um campo de articulação discursiva, marcado por disputas hegemônicas de significação. Tais disputas se dão em torno de projetos de sociedade, educação e currículo para a formação de professores. O estudo assume uma postura pós-estruturalista e discursiva da política curricular, questionando os essencialismos e as tentativas de fechamento da significação. O campo de estudo é a Associação Nacional pela Formação dos Profissionais da Educação – ANFOPE - e o Ministério da Educação. Identificamos as demandas, os antagonismos e as disputas hegemônicas nos documentos da ANFOPE e demais entidades do campo educacionalcomo ANPEd, ANPAE, CEDES, FORUMDIR, FORGRADna perspectiva da problematização/desconstrução dos discursos, demonstrando como se opera a sua hegemonização.

 

Palavras-chave


teoria do discurso; método de análise; política curricular.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15210/rsulacp.v4i1.13309

DOI (PDF): https://doi.org/10.15210/rsulacp.v4i1.13309.g8620

Indexação: Clase - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades; DOAJ; Latindex.

 

Esta revista é de acesso livre. This journal is open access.

ISSN 2317-5338

 


shared hosting