“Como querer laclaunear”: A Teoria do Discurso como Fundamento do APEGEO-Unicamp - “o que há de bom...”

Linovaldo Miranda Lemos, Rafael Straforini

Resumo


O texto tem por objetivo revelar o momento da inversão teórico-metodológica e, consequentemente, as incertezas, medos, desafios e avanços que tal movimento vem produzindo no grupo de pesquisa Ateliê de Pesquisas e Práticas Pedagógicas em Ensino de Geografia (APEGEO) nesses três anos de existência na Unicamp, em que assumimos a Teoria do Discurso de Ernesto Laclau como fundamento teórico-metodológico de nossas pesquisas. As perguntas anteriormente realizadas que buscavam chegar a uma resposta única e fixa passaram, então, a problematizar o próprio caráter provisório e contingencial das políticas e práticas curriculares a partir de sua busca incessante de significação discursiva presente tanto em sua superfície textual quanto nas práticas curriculares de nosso objeto maior de investigação: o ensino de geografia.

 

 


Palavras-chave


currículo; pós-estruturalismo; ensino de geografia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15210/rsulacp.v4i1.13472

DOI (PDF): https://doi.org/10.15210/rsulacp.v4i1.13472.g8663

Indexação: Clase - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades; DOAJ; Latindex.

 

Esta revista é de acesso livre. This journal is open access.

ISSN 2317-5338

 


shared hosting