Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  • Submissão de Editorais, outras modalidades de artigos: revisão, relatos de experiência, reflexões consultar previamente aos editores da revista sobre o interesse no tema, através do e-mail adrizeporto@gmail.com

    Submission of original articles remains open.

    Editorials submission, other types of articles: review, experience reports, reflections consult the magazine's editors in advance about the interest in the topic via email jonah.ufpel@gmail.com


  • Formulário de declaração de cessão de direitos autorais, preenchido e assinado por todos os autores em pdf e com a mesma ordem de autoria entre o documento e metadados. Concordo que o artigo publicado seja divulgado em mídias sociais da Revista.

    Copyright assignment declaration form, completed and signed by all authors in pdf and with the same order of authorship between the document and metadata. I agree that the published article is published on the journal's social media.

  • Cópia da aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa, se a pesquisa envolveu seres humanos.

    Copy of the approval of the Research Ethics Committee, if the research involved human beings.

  • A4 (21 cm x 29,7 cm) e margens laterais, superior e inferior de 2,5 cm cada. Máximo de páginas condizente com a categoria do artigo, segundo as normas da revista. Espaço entre linhas 1,5 (zero pt) em todo o texto.

    A4 (21 cm x 29.7 cm) and lateral, upper and lower margins of 2.5 cm each. Maximum pages consistent with the category of the article, according to the magazine's rules. Space between lines 1.5 (zero pt) throughout the text.

  • Somente nos metadados do sistema devem ser informadas a biografia dos autores, constando: FORMAÇÃO ACADÊMICA. MAIOR TITULAÇÃO CONCLUÍDA. INSTITUIÇÃO DE AFILIAÇÃO. ORCID.

    Ao inserir o link correspondente ao ORCID ID dos autores nos metadados, atentar para a exclusão do 's' do http's'.

    --> Não são aceitos artigos em que não haja ao menos um autor com formação de nível superior.

     

    Only in the metadata of the system should the biography of the authors be informed, including: ACADEMIC TRAINING. GREATER TITRATION COMPLETED. AFFILIATION INSTITUTION. ORCID.

     

    When inserting the link corresponding to the authors 'ORCID ID in the metadata, pay attention to the exclusion of the' s 'from http's'.

     

    -> Articles are not accepted where there is not at least one author with higher education.

  • Todos títulos em até 15 palavras: apresentado nos idiomas português, inglês e espanhol, centralizado, com apenas a primeira letra maiúscula, (salvo nomes próprios) e SEM siglas/abreviaturas.

    Trabalhos de conclusão de curso (graduação, pós-graduação - especialização, mestrado e doutorado) que estão disponibilizados no repositório da instituição formadora é necessário informar com asterisco sobrescrito no título e na nota de rodapé com o link de acesso a esse trabalho no repositório

    Only titles in the system's metadata should be informed in up to 15 words: presented in Portuguese, English and Spanish, centralized, with only the first capital letter, (except proper names) and WITHOUT acronyms.

  • Todos (resumo, abstract, resumen) devem ter no máximo 150 palavras. Todos com descritores apresentados em português, inglês e espanhol e formatados em espaço simples. Conter os seguintes termos: Objetivo, Método, Resultados e Conclusões e SEM siglas/abreviaturas.

    De 3 a 5 descritores no três idiomas constam em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/decs-locator/?lang=pt

     

    All (abstract, abstract, resumen) must have a maximum of 150 words. All with descriptors presented in Portuguese, English and Spanish and formatted in simple space. Contain the following terms: Objective, Method, Results and Conclusions.

     

    From 3 to 5 descriptors in three languages can be found at: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/decs-locator/?lang=en

  • O texto do artigo seguiu os guias da Rede EQUATOR e OPAS, conforme o tipo de estudo.

    O artigo poderá ser rejeitado, caso não tenha a escrita detalhada tal como orienta os respectivos métodos do artigo submetido.

    • Ensaio clínico randomizado - CONSORT http://www.consort-statement.org/
    • Estudos observacionais em epidemiologia - STROBE http://strobe-statement.org/
    • Estudos qualitativos - COREQ (checklist) http://intqhc.oxfordjournals.org/content/19/6/349 https://acta-ape.org/wp-content/uploads/articles_xml/1982-0194-ape-34-eAPE02631/1982-0194-ape-34-eAPE02631.pdf ou SRQR http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/srqr/
    • Revisões sistemáticas e meta-análises - PRISMA https://www.bmj.com/content/372/bmj.n71 ou MOOSE http://www.consort-statement.org/mod_product/uploads/MOOSE Statement 2000.pdf
    • Estudos de acurácia diagnóstica - STARD http://www.stard-statement.org/website stard/ ou TRIPOD http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/tripod-statement/
    • Relatos de casos CARE http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/care/
    • Estudos de melhoria da qualidade - SQUIRE http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/squire/
    • Protocolos de estudos - SPIRIT http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/spirit-2013-statement-defining-standard-protocol-items-for-clinical-trials/
    • Estudos pré-clínicos em animais - ARRIVE http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/improving-bioscience-research-reporting-the-arrive-guidelines-for-reporting-animal-research/
    • Avaliação econômica da saúde - CHEERS https://www.bmj.com/content/346/bmj.f1049


      The text of the article followed the guides of the EQUATOR and PAHO Network, according to the type of study.

      The article may be rejected if it does not have detailed writing as outlined in the respective methods of the submitted article.

      Randomized clinical trial - CONSORT http://www.consort-statement.org/
      Observational studies in epidemiology - STROBE http://strobe-statement.org/
      Qualitative studies - COREQ (checklist) http://intqhc.oxfordjournals.org/content/19/6/349 or SRQR http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/srqr/
      Systematic reviews and meta-analyzes - PRISMA http://prisma-statement.org/ or MOOSE http://www.consort-statement.org/mod_product/uploads/MOOSE Statement 2000.pdf
      Diagnostic accuracy studies - STARD http://www.stard-statement.org/website stard / or TRIPOD http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/tripod-statement/
      CARE case reports http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/care/
      Quality improvement studies - SQUIRE http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/squire/
      Study protocols - SPIRIT http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/spirit-2013-statement-defining-standard-protocol-items-for-clinical-trials/
      Pre-clinical studies in animals - ARRIVE http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/improving-bioscience-research-reporting-the-arrive-guidelines-for-reporting-animal-research/
      Economic evaluation of health - CHEERS https://www.bmj.com/content/346/bmj.f1049

  • Em caso de revisão integrativa ou sistemática, verificar todos os itens na sequência a fim de que o método possa ser reprodutível por outros pesquisadores. 

    Atender aos itens do checklist PRISMA: http://prisma-statement.org/documents/PRISMA%20Portugese%20checklist.pdf

    https://www.bmj.com/content/372/bmj.n71

    O artigo poderá ser rejeitado caso não apresente o detalhamento necessário na escrita, quando ao método de revisão integrativa ou sistemática.

    a) fundamentou teoricamente as etapas da revisão citando o autor.

    b) descreveu como cada etapa foi atendida em seu artigo.

    c) apresentou a questão norteadora da revisão. Se revisão sistemática obrigatório descrever PICO.

    d) pontuou as fontes das informações pesquisadas: bases de dados eletrônicas (quais), bibliotecas físicas, websites de periódicos ou de sociedades, banco de teses.

    - Em se tratando de base de dados eletrônicas informa os tipos de publicações aceitas.

    e) identificou os idiomas da publicações que foram incluídas nas estratégias de busca.

    f) apresentou os descritores controlados ou palavras-chave utilizados, com a sintaxe utilizada na pesquisa ou articulação/cruzamentos dos operadores booleanos AND, OR, AND NOT em cada base de dados consultada. 

    g) citou o período de coleta de dados.

    h) descreveu o processo para coleta de dados.

    i) apresentou os critérios de exclusão. Por exemplo, se só foram incluídos artigos oriundos de pesquisa, critério de exclusão não pode ser artigos de revisão de literatura, pois nem haviam sido incluídos anteriormente. 

    j) detalhou os procedimentos para apresentação dos resultados e análise dos dados.

    k) nos resultados, apresentou o fluxograma de obtenção das publicações selecionadas, explicitando o(s) motivo(s) de exclusão. PRISMA traz um modelo de fluxograma. É necessário estar descrito quantos artigos excluiu em cada fase até chegar o número final, incluindo os motivos de exclusão. http://prisma-statement.org/documents/PRISMA%202009%20flow%20diagram.doc

    Tradução: http://prisma-statement.org/documents/PRISMA%20Portugese%20flow%20diagram.pdf

    https://www.bmj.com/content/372/bmj.n71

    l) apresentou quadro sinóptico comparando as publicações quanto a: ano, tipo, autores, país, idioma, objetivos e resultados.

    m) discutiu cada item do quadro sinóptico: ano, tipo, autores. etc. 

    n) apresentou os resultados coerentes com o objetivo apresentado na introdução. 
     

    In case of an integrative or systematic review, check all items in the sequence so that the method can be reproduced by other researchers.

    The article may be rejected if it does not present the necessary details in writing, when using the integrative or systematic review method.

    a) theoretically justified the stages of the review by citing the author.

    b) described how each step was met in its article.

    c) presented the guiding question of the review. If mandatory systematic review describe PICO.

    d) punctuated the sources of the researched information: electronic databases (which ones), physical libraries, periodical or society websites, thesis bank.

    - In the case of an electronic database, it informs the types of publications accepted.

    e) identified the languages of the publications that were included in the search strategies.

    f) presented the controlled descriptors or keywords used, with the syntax used in the search or articulation / crossings of the Boolean operators AND, OR, AND NOT in each database consulted.

    g) mentioned the data collection period.

    h) described the data collection process.

    i) presented the exclusion criteria. For example, if only articles from research were included, the exclusion criterion cannot be literature review articles, as they had not even been included previously.

    j) detailed the procedures for presenting the results and analyzing the data.

    k) in the results, presented the flowchart for obtaining the selected publications, explaining the reason (s) for exclusion. PRISMA has a flowchart model. It is necessary to describe how many articles you excluded in each phase until the final number is reached, including the reasons for exclusion. http://www.scielo.br/img/revistas/ress/v24n2//2237-9622-ress-24-02-00335-gf2.jpg

    l) presented a synoptic table comparing publications regarding: year, type, authors, country, language, objectives and results.

    m) discussed each item in the summary table: year, type, authors. etc.

    n) presented the results consistent with the objective presented in the introduction.

  • A revista faz análise antiplágio do artigo, mas você pode já utilizar software (antiplágio) no artigo para verificar a semelhança com outros textos disponíveis online, consultar softwares gratuitos em: http://www.workshop.sibi.usp.br/relatorios/Lista_softwares_prevencao_plagio.pdf

    The magazine anti-plagiarism analyses the article, but you used software (anti-plagiarism) in the article to check the similarity with other texts available online, consult free software at: http://www.workshop.sibi.usp.br/relatorios/Lista_softwares_prevencao_plagio.pdf

  • Todas as referências estão numeradas em ordem de aparição no texto e normalizadas de acordo com o Estilo Vancouver.

    Item obrigatório: --> artigos originais no máximo 30 referências, devendo ser atualizadas (últimos 05 anos - 2017 a 2022) em torno de 70% e, de artigos científicos em torno de 70% das referências.

    Por exemplo, em uma lista de 30 referências no artigo, 21 delas precisam ser de artigos e 21 delas precisam ser dos últimos cinco anos.

    NÃO utilizar anais de eventos e informações de sites. 

    Incluir o link em todas as referências disponíveis online.

    Utilizar a correta abreviatura do nome das revistas dos artigos.

    Abreviaturas de revistas nacionais, consulta em: 

    http://ccn.ibict.br/busca.jsf

    Abreviatura de revista internacionais, consulta em:

    https://www.ncbi.nlm.nih.gov/nlmcatalog/journals

    All references are numbered in order of appearance in the text and normalized according to Vancouver Style.

    Mandatory item: -> original articles with a maximum of 30 references, which should be updated (last 05 years - 2017 to 2020) around 70%, and scientific articles around 70% of references.

    For example, in a list of 30 references in the article, 21 of them must be from articles and 21 of them must be from the last five years.

    DO NOT use event records and website information.

    Include the link in all references available online.

    Use the correct abbreviation for the name of the articles' magazines.

    Abbreviations for national magazines, see:

    http://ccn.ibict.br/busca.jsf

    Abbreviation for international journal, see:

    https://www.ncbi.nlm.nih.gov/nlmcatalog/journals

  • Em caso de submissão de figuras (fluxogramas, diagramas) é necessário o envio do arquivo como suplemento de modo que possa ser editado.

    Se o fluxograma é derivado de revisão integrativa ou sistemática, utilizar o modelo PRISMA http://prisma-statement.org/documents/PRISMA%202009%20flow%20diagram.doc

    Tradução: http://prisma-statement.org/documents/PRISMA%20Portugese%20flow%20diagram.pdf

    O tamanho da figura não poderá ultrapassar uma página no formato em retrato e nem ultrapassar as margens laterais.

    A tabela NÃO poderá ultrapassar uma página. NÃO utilizar linhas horizontais ou verticais internas e nem grades laterais. Somente os títulos e subtítulos podem estar em negrito.

    In case of submission of figures (flowcharts, diagrams) it is necessary to send the file as a supplement that can be edited.

    If the flowchart is derived from an integrative or systematic review, use the PRISMA model http://prisma-statement.org/documents/PRISMA%202009%20flow%20diagram.doc

    The size of the figure must not exceed one page in portrait format, nor exceed the lateral margins.

    The table must NOT exceed one page. DO NOT use horizontal or vertical internal lines or side rails. Only titles and subtitles can be in bold.

  • Você pode indicar um parecerista ad hoc nos comentários ao Editor.

    Inclua nome completo, endereço de e-mail e justifique a relação com a temática/método do seu artigo.

    NÃO pode ser da mesma instituição dos autores e nem do mesmo Estado.

    You can indicate an ad hoc reviewer in comments to the Editor.

    Include full name, e-mail address and justify the relationship with the theme / method of your article.

    It can NOT be from the same institution as the authors or from the same state.


  • Concordo com a Licença Creative Commons CC-BY-NC. Esta licença permite que outros remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho para fins não comerciais, e embora os novos trabalhos tenham de lhe atribuir o devido crédito e não possam ser usados para fins comerciais, os usuários não têm de licenciar esses trabalhos derivados sob os mesmos termos.

    I agree to the Creative Commons License CC-BY-NC. This license allows others to remix, adapt and create from their work for non-commercial purposes, and although new works must be given due credit and cannot be used for commercial purposes, users do not have to license these derivative works. under the same terms.

Diretrizes para Autores

AUTHOR GUIDELINES

Atualizada em dezembro de 2023

 

A JONAH não cobra taxas/encargos para os autores, nem de submissão de artigos e nem de processamento e publicação de artigos.

 

LEMBRETE!!!! Prezados autores, informamos que há necessidade de conferir todos os itens disponíveis nesta página, no que se refere à padronização dos artigos encaminhados nas normas do periódico. Solicitamos que as mesmas sejam cuidadosamente verificadas, já que sua inadequação inviabiliza o encaminhamento precoce do artigo para avaliação dos pareceristas.

 

INFORMAÇÕES GERAIS

- O JONAH segue o Code of Conduct of Best Practices Guidelines for Journal Editors do Committeeon Publication Ethics (COPE) (http://publicationethics.org/), bem como as orientações do International Committee of Medical Journal Editors (ICMJE), http://www.icmje.org e Declaração de Singapura sobre Integridade em Pesquisa https://wcrif.org/guidance/singapore-statement.

- Os artigos para publicação devem ser enviados exclusivamente ao Journal of Nursing and Health (JONAH), não sendo permitida a apresentação simultânea a outro periódico, quer na íntegra ou parcialmente e também que os manuscritos sejam originais e inéditos;

- Trabalhos de conclusão de curso (graduação, pós-graduação - especialização, mestrado e doutorado) que estão disponibilizados no repositório da instituição formadora é necessário informar com asterisco sobrescrito no título e na nota de rodapé com o link de acesso a esse trabalho no repositório;

- O encaminhamento do manuscrito, anexos e o preenchimento de todos os dados, são de inteira responsabilidade dos autores que estão submetendo o manuscrito;

- Também são de exclusiva responsabilidade dos autores, a redação, as opiniões e os conceitos emitidos nos manuscritos, bem como a exatidão e a procedência das citações, não refletindo necessariamente a posição/opinião do Conselho Diretor e do Conselho Editorial do JONAH.

- O periódico não assume a responsabilidade por equívocos gramaticais, e se dá, portanto, ao direito de solicitar a revisão de português aos autores;

- A submissão de manuscritos é realizada somente no sistema online no endereço http://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/enfermagem/index

- Todos os autores deverão ser cadastrados na página do JONAH e não serão cobradas taxas para a submissão de artigos, sendo que, uma vez submetido o artigo, a autoria não poderá ser modificada.

- No ato da submissão, o manuscrito deverá ser encaminhado em um idioma (português (BR), inglês, ou espanhol), sendo que o título e o resumo devem ser apresentados nos três idiomas;

- No momento da submissão, o autor deverá anexar no sistema os devidos documentos listados abaixo (os documentos devem ser digitalizados em PDF, exceto o documento do manuscrito que é em WORD): 

- Cópia da aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa, se a pesquisa envolveu seres humanos;

- Formulário de Declaração de Direito Autoral, preenchido e assinado por todos os autores;

- NÃO é aceita a submissão de artigo cujo nenhum autor do mesmo tenha formação de nível superior.

 

- Arquivo do manuscrito em word (.DOC/.DOCX);

- Declaração de Conflito de Interesses (se houver).

Os conflitos de interesse podem surgir quando autores, revisores ou editores possuem interesses que não são completamente aparentes, mas que podem influenciar seus julgamentos sobre o que é publicado. O conflito de interesses pode ser de ordem pessoal, comercial, político, acadêmico ou financeiro. Quando os autores submetem um manuscrito, seja um artigo ou carta, eles são responsáveis por reconhecer e revelar conflitos que possam influenciar seu trabalho. As relações financeiras ou de qualquer outro tipo que possam levar a conflitos de interesse devem ser informadas.

 

PROCESSO DE JULGAMENTO DOS MANUSCRITOS

- A revista possui sistema eletrônico de gerenciamento do processo de publicação. Os manuscritos são encaminhados, via online, pelos autores, que recebem um protocolo numérico de identificação. Posteriormente, todos os manuscritos são previamente apreciados pelo Editor no tocante à ADEQUAÇÃO às normas de FORMATAÇÃO ESTRUTURA do Journal of Nursing and Health (JONAH).

- Utiliza-se o sistema duplo-cego de avaliação por pares (double blind peer review), de forma sigilosa, com omissão dos nomes dos consultores e autores. Assim, ao serem preliminarmente considerados adequados pelo Editor, os manuscritos são encaminhados para dois consultores ad hoc de reconhecida competência na temática abordada, contando com avaliadores externos à instituição da revista, bem como ao país. Havendo desacordo entre esses, o artigo é enviado para uma terceira avaliação. No caso de identificação de conflito de interesse por parte dos consultores, o manuscrito é encaminhado para outro consultor.

- O prazo para a devolução dos pareceres é de, no máximo, quinze (15) dias, a contar da aceitação de apreciação pelos avaliadores. Caso contrário, envia-se para outros consultores. Em persistindo a não aceitação, dois membros do Conselho Editorial avaliarão o artigo.

- Os manuscritos que NÃO cumpram as normas, por incompletude ou inadequação, são sumariamente devolvidos, sendo solicitada a leitura atenta às normas. O autor tem cinco (5) dias para realizar os ajustes. Caso não seja atendida a solicitação, o manuscrito é arquivado e, havendo interesse em publicá-lo, deve ser submetido novamente, iniciando novo processo de julgamento por pares.

- Os artigos que cumprem as normas da revista são avaliados pelos consultores no que se refere ao mérito, à originalidade, à pertinência de seu conteúdo, à qualidade acadêmica, à conveniência de publicação e à relevância para a Enfermagem e áreas afins.

- Os manuscritos serão, portanto, aceitos, reformulados ou recusados. Em qualquer um dos casos, o autor é comunicado. Os manuscritos recusados poderão ser reenviados, com nova submissão, iniciando outro processo de julgamento por pares. Os pareceres dos avaliadores são disponibilizados online para o autor responsável pela submissão. Caso sejam solicitadas reformulações no manuscrito, o autor responsável pela submissão tem o prazo de dez (10) dias para atender tais solicitações. Caso contrário, o artigo é arquivado após o envio de comunicado para todos os autores, por entendermos não haver interesse em atender a solicitação para ajustes, de acordo com as avaliações realizadas. No entanto, se ainda houver interesse em publicá-lo, o artigo deve ser submetido novamente, iniciando novo processo de julgamento por pares.

 

PUBLICAÇÃO                             

Os artigos serão publicados em versão online em acesso aberto no idioma que foi enviado para submissão. O tempo entre a submissão e a publicação do artigo em média tem sido de seis meses, devido ao tempo de prorrogação dos prazos que os avaliadores ad hoc solicitam. Em um fluxo editorial em que o artigo é submetidos devidamente nas normas e os avaliadores responsam no prazo, considera-se 15 dias na avaliação de checklist, 45 dias no processo de avaliação por pares, 15 dias de correções pelos autores, 15 dias de revisão de idiomas, diagramação e layout e publicação. O artigo de autores de Pelotas e do Estado do Rio Grande do Sul após o aceite poderá demorar para ser publicado devido aos critérios de endogenia, respectivamente, local e regional, tendo espaço máximo para cada endogenia de 30% na composição do número.

 

REGISTROS DE ENSAIOS CLÍNICOS

O Journal of Nursing and Health apóia políticas para registros de ensaios clínicos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do International Commitee of Medical Journal Editors (ICMJE), reconhecendo a importância dessas iniciativas para o registro e divulgação internacional de informações sobre estudos clínicos, em acesso aberto. Sendo assim, somente serão aceitos para publicação os artigos de pesquisas clínicas que tenham recebido um número de identificação em um dos registros de Ensaios Clínicos, validados pelos critérios estabelecidos pela OMS e ICMJE, cujos endereços estão disponíveis na URL: http://www.icmje.org/. O número de identificação Universal Trial Number (UTIN) deverá ser registrado ao final do resumo. International Clinical Trials Registry Plataform (ICTRP): http://apps.who.int/trialsearch/

CATEGORIAS DE ARTIGOS

A apresentação dos manuscritos deverá obedecer à regra de formatação definida pelas normas a seguir, diferenciando-se apenas pelo número permitido de páginas em cada uma das categorias.

 

Artigos originaisé uma contribuição científica destinada a divulgar resultados de pesquisa original que não tenha sido publicada ou submetida em outros meios de divulgação. Limite Máximo de 25 páginas (sem contar a lista de referências).

 

- Revisões sistemáticas ou integrativasconstitui uma avaliação crítica ampliada e sistematizada da literatura sobre determinado assunto de relevância para a enfermagem e/ou para a saúde, devendo conter os procedimentos adotados, esclarecendo a delimitação e os limites do tema, finalizando com conclusões do autor. Não serão aceitas outras modalidades de revisão (ex: de literatura, narrativa, etc). Limite Máximo de 30 páginas e TODAS as referências deverão ser citadas na lista final, inclusive as que constam nos quadros. NÃO publicamos revisões narrativas, bibliográficas, de escopo, protocolos de revisão.

 

--> Os artigos de categorias diferentes de pesquisa e revisão SÓ SERÃO aceitas a sua submissão após comunicação dos autores com a equipe editorial: adrizeporto@gmail.com, que irá avaliar o manuscrito previamente a submissão, aprovando-o ou não para submissão. Submissões destas categorias diferentes de artigo sem prévio aceite/comunicação serão rejeitadas. 

Editoriais de autores com título de doutorado poderão ser enviados para a equipe editorial para avaliação.

- Editoriaisos editoriais são escritos ou encomendados pelos editores, abordando temas contemporâneos de enfermagem, de áreas afins ou sobre as temáticas abordadas no volume respectivo. O autor deve ressaltar as contribuições do artigo apontado e comentar aspectos semelhantes eventualmente já publicados pela nossa revista em artigos anteriores, quando pertinentes. Limite Máximo de 02 páginas.

 

PREPARO DOS MANUSCRITOS

A apresentação dos manuscritos deve obedecer à regra de formatação definida nestas normas, diferenciando-se apenas no número permitido de páginas em cada uma das categorias.

 

  • GUIA PARA APRESENTAÇÃO DO TEXTO

    Os textos dos artigos devem seguir os guias da Rede EQUATOR (Enhancing the QUAlity and Transparency Of health Research) e pela Organização Pan-americana de Saúde (OPAS), conforme o tipo de estudo:

    • Ensaio clínico randomizado - CONSORT http://www.consort-statement.org/
    • Estudos observacionais em epidemiologia - STROBE http://strobe-statement.org/
    • Estudos qualitativos - COREQ (checklist) http://intqhc.oxfordjournals.org/content/19/6/349 https://acta-ape.org/wp-content/uploads/articles_xml/1982-0194-ape-34-eAPE02631/1982-0194-ape-34-eAPE02631.pdf ou SRQR http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/srqr/
    • Revisões sistemáticas e meta-análises - PRISMA https://www.bmj.com/content/372/bmj.n71ou MOOSE http://www.consort-statement.org/mod_product/uploads/MOOSE Statement 2000.pdf
    • Estudos de acurácia diagnóstica - STARD http://www.stard-statement.org/website stard/ ou TRIPOD http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/tripod-statement/
    • Relatos de casos CARE http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/care/
    • Estudos de melhoria da qualidade - SQUIRE http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/squire/
    • Protocolos de estudos - SPIRIT http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/spirit-2013-statement-defining-standard-protocol-items-for-clinical-trials/
    • Estudos pré-clínicos em animais - ARRIVE http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/improving-bioscience-research-reporting-the-arrive-guidelines-for-reporting-animal-research/
    • Avaliação econômica da saúde - CHEERS https://www.bmj.com/content/346/bmj.f1049

 -->A não utilização dos guias pode ser motivo para recusa do artigo.

• REDAÇÃO

Os manuscritos devem ser redigidos de maneira objetiva, mantendo linguagem adequada ao estudo e ressaltando a terminologia científica condizente. Recomenda-se que o(s) autor(es) busque(m) assessoria linguística profissional (revisores e/ou tradutores certificados nos idiomas português, inglês e espanhol) antes de submeter(em) os manuscritos. As revisões de redação se fazem junto com as correções do artigo após a avaliação dos pares.

 

• AUTORIA

O conceito de autoria está respaldado na contribuição substancial de cada uma das pessoas listadas como autores, no que se refere, sobretudo, à concepção e planejamento do projeto de pesquisa, análise e interpretação dos dados, redação e revisão crítica, conforme recomendações do International Committee of Medical Journal Editors (ICMJE)    http://www.icmje.org/recommendations/browse/roles-and-responsibilities/defining-the-role-of-authors-and-contributors.html

 

• FORMATAÇÃO

Os manuscritos devem ser encaminhados em editor de texto MS Word (.doc/.docx).

 

Especificações da formatação:

a) Os nomes dos autores, titulação, instituição a qual pertencem e função NÃO deverão constar no documento do artigo, somente nos METADADOS DE SUBMISSÃO. ATENÇÃO: a IDENTIDADE ORCID É OBRIGATÓRIA. Para quem não possui cadastro, fazer neste link:
https://orcid.org/ Para quem possui cadastro consulte aqui: https://orcid.org/orcid-search/quick-search/?searchQuery=
Ao inserir o link correspondente ao ORCID ID dos autores nos metadados, atentar para a exclusão do 's' do http's'. Nos metadados, na biografia dos autores, deve constar: FORMAÇÃO ACADÊMICA. MAIOR TITULAÇÃO CONCLUÍDA. INSTITUIÇÃO DE AFILIAÇÃO.

 

b) A4 (21 cm x 29,7 cm), com margens laterais, superior e inferior de 2,5 cm cada;

 

c) Fonte Trebuchet MS, tamanho 12;

 

d) O número de páginas deve obedecer à categoria do artigo, sendo contado a partir da primeira página (títulos, resumos em todos os idiomas e descritores). 

 

e) Na primeira página, deverão conter os títulos, resumos e descritores, todos nos três idiomas – português, inglês e espanhol - espaçamento simples (0 pt);

 

f) O corpo do texto deverá estar logo abaixo dos resumos, seguindo as orientações: justificado, espaço entre linhas 1,5 (0 pt) em todo o texto e referências. O título das seções deve ser em caixa alta e negrito: INTRODUÇÃO, MÉTODO (MATERIAIS E MÉTODOS para revisões), RESULTADOS; DISCUSSÃO (quantitativa ou qualitativa) ou RESULTADOS e DISCUSSÃO (qualitativa),  CONSIDERAÇÕES FINAIS ou CONCLUSÕES. Os subtítulos devem ser em negrito e ter somente a primeira letra em maiúscula. O recuo da primeira linha de cada parágrafo deve ser de 1,25 cm.

 

g) Se o trabalho que originou o manuscrito tiver auxílio financeiro, deve ser indicado obrigatoriamente o nome da agência financiadora (em nota de rodapé do título), porém o artigo NÃO deve conter informações diretas sobre a pesquisa do qual se originou. Assim, se for elaborado a partir de tese, dissertação ou monografia, dados como título, ano e instituição na qual foi apresentada somente deverão ser incluídos se o artigo for aceito na versão de publicação. No entanto, o nome do orientador deve ser incluído como autor;

 

h) Referências (estilo Vancouver), devendo ser atualizadas (nos últimos cinco (05) anos - 2019 a 2023) em torno de 70% e, de periódicos em torno de 70%. Não utilizar anais de eventos e informações de sites. O limite de referências é no máximo 30, excetuando-se para artigos de revisão (não possui limite).

 i) Não será permitido o uso de notas de fim de página no corpo do texto do artigo.

 • ESTRUTURA

Primeira página

Apresentar:

 

a) Categoria do artigo no canto superior direito em caixa alta;

 

b) Na primeira página deverá conter todos os títulos em negrito, centralizados, somente a primeira letra em maiúscula, salvo nomes próprios e com no máximo 15 palavras em todos os idiomas (português, inglês e espanhol). Não poderão ser utilizadas SIGLAS/Abreviaturas nem em títulos e nem em resumos. Após os títulos, deverão constar os resumos nos três idiomas (resumo, abstract, resumen), sendo cada um, com um limite máximo de 150 palavras. Após cada resumo, em nova linha, incluir os descritores. TODOS os elementos da primeira página (títulos, resumos e descritores) deverão estar com espaçamento simples. Os títulos, resumos e descritores em inglês e espanhol deverão ser colocados em itálico.

 

c) O resumo deve conter: Objetivo: iniciar com o verbo no infinitivo. Método: tipo de estudo, população, amostra, critérios de seleção da amostra, período de coleta de dados, instrumento de coleta de dados, os procedimentos para a coleta e análise dos dados. Resultados (não incluir a palavra discussão): os principais resultados discutidos com a literatura e impressões dos autores. Conclusões: responder ao objetivo. Lembre-se: Após os dois pontos (:) de cada seção iniciar com letra minúscula.

 

d) Descritores: indicar de três (3) a cinco (5) termos que identifiquem o tema, limitando-se aos descritores recomendados nos Descritores em Ciências da Saúde [DeCS], na página http://decs.bvs.br/, seguido do sinal de dois pontos (:). Os descritores devem ser apresentados somente com sua primeira letra em maiúscula e serão separados por ponto e vírgula (;).

Não usar os termos: Palavras-chave, Keywords e Palabras clave. UTILIZAR: Descritores, Descriptors e Descriptores, respectivamente.

 

Texto

Deve vir logo abaixo do término dos resumos.

Os textos de manuscritos originais, estudos de casos clínicos, de revisões de literatura sistemática e integrativa devem apresentar: INTRODUÇÃO; MÉTODO (MATERIAIS E MÉTODOS para revisões); RESULTADOS; DISCUSSÃO (em pesquisas quantitativas os resultados e discussão deverão estar separados; em qualitativas poderão estar juntos ou separados); CONSIDERAÇÕES FINAIS (qualitativo/reflexão/relato de experiência) /CONCLUSÕES (quantitativo); AGRADECIMENTOS (opcional); REFERÊNCIAS (Estilo Vancouver).

 

(1) INTRODUÇÃO: Deve ser breve, definir claramente o problema estudado, destacando sua importância e as lacunas do conhecimento, incluindo referências estritamente pertinentes.

 

(2) MÉTODO: Os Artigos Originais e Relatos de Casos Clínicos devem descrever o tipo de estudo, a população, a amostra, os critérios de seleção da amostra, o instrumento de coleta de dados, os procedimentos para a coleta e análise dos dados. Necessariamente devem explicitar o cumprimento dos princípios de pesquisa envolvendo seres humanos ou animais, bem como fazer referência a aprovação em comitê de ética, com o respectivo NÚMERO DE PROTOCOLO. Para os autores brasileiros, as Resoluções 196/96 (para pesquisas que foram realizadas antes da publicação da resolução de 2012) ou 466/12 (para pesquisas que foram realizadas após a publicação da resolução de 2012) do Conselho Nacional de Saúde devem ser consideradas. Para os autores estrangeiros, considerar a Declaração de Helsinki, disponível na página http://www.wma.net

Já as Revisões Sistemáticas e Integrativas devem descrever o tipo de estudo, os procedimentos adotados para a revisão, tais como as estratégias de busca, seleção e avaliação dos artigos, esclarecendo a delimitação e limites do tema. Atentar a descrição detalhada do método, os checklists PRISMA, MOOSE trazem os itens necessários.

 

(3) RESULTADOS: Devem estar limitados somente a descrever os resultados encontrados, sem incluir interpretações ou comparações. O texto deve complementar, e não repetir, o que está descrito em tabelas e figuras. As tabelas, figuras e quadros estão limitados a cinco (5) no total. Em pesquisas qualitativas, se aceita que a discussão seja associada aos resultados.

a) Tabelas - devem ser elaboradas para reprodução direta pelo editor de layout, em preto e branco, com espaçamento entrelinhas simples, inseridas no texto, numeradas consecutivamente em algarismos arábicos na ordem em que foram citadas, inseridas tão logo citadas, e não ao final do artigo. O título deve ser breve, de no máximo duas linhas, que inclua apenas dados imprescindíveis, como a localização e o ano, inserido acima da tabela, em fonte Trebuchet MS, tamanho 12, com apenas a primeira letra maiúscula, e sem ponto final. As notas explicativas devem ser colocadas abaixo das tabelas, com tamanho máximo de três linhas, contendo informações sobre a fonte dos dados e explicando todas as abreviaturas não padronizadas utilizadas. Se forem usados dados de outra fonte, publicada ou não, obter permissão e indicar a fonte por completo. Empregar em cada coluna da tabela, um título curto ou abreviado.

àA tabela NÃO poderá ultrapassar uma página. NÃO utilizar linhas horizontais ou verticais internas e nem grades laterais. Somente os títulos e subtítulos podem estar em negrito.

b) Figuras – fluxogramas, fotografias, desenhos, gráficos são denominados Figuras e Quadros igualmente como Quadros, as quais devem ser elaboradas para reprodução pelo editor de layout, de acordo com o formato do Journal of Nursing and Health, inseridas no texto, numeradas consecutivamente em algarismos arábicos na ordem em que foram citadas no texto, com a primeira letra da legenda em maiúscula, descrita na parte inferior e sem grifo, com tamanho máximo de três linhas. As figuras devem ter no Máximo 500 KB e ser elaboradas no programa Word ou Excel ou convertidas em figura do tipo BMP, atentando para a qualidade da resolução da imagem em no mínimo 300dpi. O tamanho da figura não poderá ultrapassar uma página no formato em retrato e nem ultrapassar as margens laterais. Se forem usadas figuras de outra fonte, publicada ou não, obter permissão e indicar a fonte por completo. Em caso de gráficos, o eixo vertical (y) deve vir formatado em 100 ou 100%.

àNo Quadro podem ser inseridas as grades laterais.

Observação: As tabelas e figuras aceitas nos manuscrito não devem exceder em conjunto o máximo de cinco (5).

c) Citações - utilizar sistema numérico para identificar as obras citadas. Representá-las no texto com os números correspondentes sobrescritos, sem deixar espaço entre a palavra e o número da citação. Indicar o número após o ponto ou vírgula, por exemplo: [...] cuidado de enfermagem.¹ [...] na enfermagem,¹ a comunicação é fundamental. Não mencionar o nome dos autores, excluindo expressões como: “Segundo..., De acordo com...”. Quando se tratar de citação sequencial, separar os números por hífen, quando intercaladas devem ser separadas por vírgula (Ex.: ...cuidado de enfermagem.1-5,9 Em caso de transcrição de palavras, frases ou parágrafo com palavras do autor (citação direta), devem ser utilizadas aspas na sequência do texto. Recomenda-se a utilização criteriosa deste recurso. Recomendamos o uso de citações indiretas, preferencialmente.

d) Depoimentos - são frases ou parágrafos ditos pelos participantes de pesquisa. Não utilizar aspas e seguir a seguinte estrutura: recuo do texto do depoimento a 1,5 cm da margem esquerda, fonte tamanho 12, em itálico, espaçamento 1,5 cm, com sua identificação entre parênteses codificada e sem itálico a critério do autor e anteriormente inserir um ponto final, p. ex. [...] enfermagem. (P1) Supressões devem ser indicadas pelo uso das reticências entre colchetes “[...]” e as intervenções dos autores ao que foi dito pelos participantes do estudo devem ser apresentadas entre colchetes, por exemplo: [abreviatura de Unidade de Terapia Intensiva], ambas sem itálico. 

Já as Revisões Sistemáticas e Integrativas, os resultados devem conter uma análise comparativa dos trabalhos na área, em que se discutam os limites e alcances metodológicos, permitindo indicar perspectivas de continuidade de estudos naquela linha de pesquisa e devendo conter conclusões. Ainda, nos artigos de revisão as referências encontradas deverão ser citadas no decorrer dos resultados e também na lista final.

 

(4) DISCUSSÃO: Enfatiza os aspectos novos e importantes do estudo. Deve conter comparação dos resultados com a literatura, as limitações da pesquisa e a interpretação dos autores, explorando as implicações dos achados para pesquisas futuras e para a prática clínica. Em pesquisas qualitativas, se aceita que a discussão seja associada aos resultados.

 

(5) CONSIDERAÇÕES FINAIS ou CONCLUSÕES (usar o primeiro para pesquisa qualitativa e o segundo para pesquisa quantitativa): Deve estar relacionada com os objetivos do trabalho, evitando assertivas não apoiadas pelos achados. Incluir recomendações, quando pertinentes. ATENÇÃO: Não usar referências nas considerações finais/conclusões.

 

(6) Agradecimentos: Agradecimentos: devem ser breves e objetivos, somente a pessoas ou instituições que contribuíram significativamente para o estudo e que estão relacionados ao autor principal ou ao projeto de pesquisa. O pedido para a inclusão dos agradecimentos deve ser feito após parecer de aceite ou na leitura de prova. Não deve estar incluso no documento de submissão. Solicitações de inclusões de agradecimento não serão aceitas após a aprovação do layout pelo autor responsável.

Conforme Portaria 206 de 04 de setembro de 2018 é obrigatória a referência do apoio recebido: "O presente trabalho foi realizado com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Brasil (CAPES) - Código de Financiamento 001".

 

(7) Referências: Importante a minuciosa revisão da informação das referências.

Em relação à semelhança com outros textos disponíveis online, há softwares (antiplágio) em versão gratuitas, sendo desejável o seu uso no manuscrito antes da submissão. Consultar softwares em: http://www.workshop.sibi.usp.br/relatorios/Lista_softwares_prevencao_plagio.pdf

Esta revista adota os Requisitos Uniformes para Manuscritos Submetidos a Revistas Biomédicas, publicado pelo Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas - Estilo Vancouver, disponível no site: http://www.icmje.org/ ou http://www.bu.ufsc.br/ccsm/vancouver.html (versão traduzida para o português). O número máximo de referências aceitas no manuscrito será de 30, excetuando-se nas revisões, que não possuem limite de referências.

As referências devem ser numeradas e normalizadas de acordo com o Estilo Vancouver. Na lista de referências, estas devem ser numeradas consecutivamente, conforme a ordem que for mencionada pela primeira vez no texto. A referência de autor(es) faz-se pelo sobrenome, com a letra inicial em maiúscula, após um espaço, o(s) nome(s) abreviado(s) e sem ponto. O ponto final vai após o último autor, para separar do título da referência. Quando o documento possuir de um (01) a seis (06) autores, citar todos os autores, separados por vírgula. Quando possuir mais de seis (06) autores, citar todos os seis (06) primeiros autores, seguidos da expressão latina et al.

 

- Máximo 30 referências em estilo Vancouver, devendo ser atualizadas - nos últimos cinco (05) anos - 2018 a 2023 em torno de 70% e, de periódicos em torno de 70%. Por exemplo, em uma lista de 30 referências no artigo, 21 delas precisam ser de artigos e 21 delas precisam ser dos últimos cinco anos.

- Sugere-se a inclusão de pelo menos uma referência internacional, devido a internacionalização das publicações.

- Incluir os links (endereço de site/URL) daquelas referências disponíveis online/na internet.

- Antes de submeter, verificar se os links estão correspondem ao título do artigo/autores, bem como o idioma título/link correspondente e se o link está ativo. Após essa verificação, atualizar a data de acesso do link na descrição da referência.

- Há preferência pela descrição da referência no idioma inglês, quando a publicação tiver essa versão, tendo em vista a internacionalização do acesso às publicações.

 NÃO USAR ANAIS E SITES COMO REFERÊNCIA. Recomendamos preferencialmente artigos científicos de periódicos. Entretanto, é aceito dissertações e teses, livros, manuais técnicos e leis/decretos/resoluções/portarias.

 Abreviaturas de títulos de periódicos consulte o site: Portal de Revistas Científicas em Ciências da Saúde (bvs.br). Copiar como está a abreviação.

OBS.: Se o nome do periódico não for inserido corretamente ou com incompletude, poderão aparecer outros itens referentes ao que foi digitado no formulário. Quando isso ocorrer, procure atentamente na lista o nome do periódico desejado e clique nele.

Quando não encontrada a abreviatura, utilizar o nome por extenso do periódico.

ATENÇÃO: os meses deverão ser abreviados em minúsculo, seguindo a regra de português para abreviaturas de meses: jan, fev, mar, abr, maio, jun, jul, ago, set, out, nov, dez. Em inglês: Jan, Feb, Mar, Apr, May, June, July, Aug, Sept, Oct, Nov, Dec.

 

EXEMPLOS DE REFERÊNCIAS:

Artigo - com até Seis Autores e com DOI ativo

Franca JRFS, Costa FSG, Lopes MEL, Nóbrega MML, França ISX. The importance of communication in pediatric oncology palliative care: focus on Humanistic Nursing Theory. Rev. latinoam. enferm. (Online). 2013;21(3):780-6. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-11692013000300018

Artigo –com até seis autores sem DOI ativo

Alvarenga CF, Lima KMN, Mollica LR, Azeredo LO, Carvalho C. Uso de plantas medicinais para o tratamento do diabetes mellitus no Vale do Paraíba-SP. Rev ciên saúde Online. 2017;2(2):36-44. Disponível em: https://www.revistaeletronicafunvic.org/index.php/c14ffd10/article/view/84/73

Silva PL, Rezende MP, Ferreira LA, Dias FA, Helmo FR, Silveira FCO. Cuidados com os pés: o conhecimento de indivíduos com diabetes mellitus cadastrados no programa saúde da família. Enferm. glob. 2015;14(37):38-51. Disponível em: https://scielo.isciii.es/pdf/eg/v14n37/pt_clinica3.pdf

Artigo – autoria com mais de seis autores com DOI ativo

Kaut NNN, Rabelo ACS, Araujo GR, Taylor JG, Silva ME, Pedros ML, et al. Baccharis trimera (Carqueja) improves metabolic and redox status in an experimental model of type 1 Diabetes. Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine. 2018:1-12. DOI: https://doi.org/10.1155/2018/653263

Obs.: incluir o link do DOI sempre que ele estiver ativo. Quando não há DOI ativo incluir o link de acesso do documento na íntegra.

Artigo publicado em espanhol (quando não houver DOI incluir o link de acesso ao documento na íntegra):

Irigibel-Uriz X. Revisión crítica de una interpretación del pensamiento de Virginia Henderson: acercamiento epistemológico al libro de Luis, Fernández y Navarro. Index enferm. 2007;16(57):55-9. Disponible en: https://scielo.isciii.es/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1132-12962007000200012

Artigo sem link de acesso

Leopardi MT, Capella BB, Rodrigues E, Faraco MM, Schimitz LM, Souza LA, et al. Construção e implementação de modelo informatizado do trabalho de enfermagem para a qualidade da assistência. Texto & Contexto Enferm. 2002 jan/abr;11(1):274-8.

Artigo no Prelo

Villa TCS, Ruffino-Netto A. Questionário para avaliação de desempenho de serviços de atenção básica no controle da tuberculose no Brasil. J Bras Pneumol. No prelo 2009.

Artigo depositado em repositório pré-print (quanto for pré-print é necessário informar a data de acesso)

Yuzhen Z, Jiang B, Yuan J, Tao Y. The impact of social distancing and epicenter lockdown on the COVID-19 epidemic in mainland China: a data-driven SEIQR model study. Medrxiv. Preprint. 2020[cited 2020 Apr 20]; DOI: 10.1101/2020.03.04.20031187. Available from: https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2020.03.04.20031187v1.full.pdf

Obs.: se a publicação for em língua inglesa utilizar a estrutura acima. Em língua portuguesa utilizar o “acesso em” para indicar a data de acesso e o “disponível em:” para o link de acesso ao documento na íntegra.

Artigo volume com suplemento

Cartaxo-Furtado NADEOC, Sampaio TO, Xavier MA, Medeiros ADDE, Pereira JV. Perfil fitoquímico e determinação da atividade antimicrobiana de Syzygium cumini (L.) Skeels (Myrtaceae) frente a microrganismos bucais. Rev. bras. plantas med. 2015;17(4Suppl3):1091-6. DOI: https://doi.org/10.1590/1983-084X/14_153

Artigo em número especial

Peres MAA, Aperibense PGGS, Dios-Aguado MM, Gómez-Cantarino S, Queirós PJP. The Florence Nightingale’s nursing theoretical model: a transmission of knowledge. Rev. gaúch. enferm. 2021;42(nesp):e20200228. DOI: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2021.20200228

Livro

Murray PR, Rosenthal KS, Kobayashi GS, Pfaller MA. Medical microbiology. 4ª ed. St. Louis: Mosby; 2002.

Obs.: quando o livro estiver disponível online, informar o link de acesso.

Livro online só com organizador

Barros, ALNL (org). Diagnósticos de enfermagem da Nanda-I: definições e classificação 2018-2020. 11ª ed. Porto Alegre: Artmed; 2018. Disponível em: http://www.nascecme.com.br/2014/wp-content/uploads/2018/08/NANDA-I-2018_2020.pdf

Capítulo de livro

Meltzer PS, Kallioniemi A, Trent JM. Chromosome alterations in human solid tumors. In: Vogelstein B, Kinzler KW (org). The genetic basis of human cancer. New York: McGraw-Hill; 2002. p. 93-113.

Tese ou dissertação (informar o link de acesso ao documento na íntegra publicado em repositório)

Schiaveto FV. Avaliação do risco de quedas em idosos na comunidade [dissertação]. Ribeirão Preto (SP): Universidade de São Paulo; 2008. Disponível em: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-19122008-153736/publico/FabioVeigaSchiaveto.pdf

Batista, MMG. Atitudes e conhecimentos dos enfermeiros na prevenção das úlceras de pressão. [dissertação]. Lisboa (PT): Universidade Católica Portuguesa; 2012. Disponível em: https://repositorio.ucp.pt/bitstream/10400.14/10555/1/DissertaþÒo%20de%20Mestrado%20FVT%20-%20Margarida%20Batista.pdf

Documentos publicados no Diário Oficial

ATENÇÃO: referências de portarias, resoluções, leis, devem ser colocadas com dados do Diário Oficial da União. Para obter informações, seguir os passos:

SITE JUS BRASIL (desde 1900): http://www.jusbrasil.com.br/diarios

Colocar na caixa de busca a portaria/resolução/lei... desejada e clicar em “pesquisar”. >>>> Para filtrar a busca: selecionar “data” e em “Diários”, selecionar apenas DOU. Caso a portaria é de algum Estado, deve-se ver o diário específico do Estado. Procurar na lista o ano de publicação para facilitar o encontro da publicação. Após a localização, ver a seção e a página inicial e verificar a página de fim do conteúdo referenciado.

Brasil. Portaria nº 2.436, de 21 de setembro de 2017. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes para a organização da Atenção Básica, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Diário Oficial da União. 22 set 2017;Seção 1:68-76. Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/diarios/161636273/dou-secao-1-22-09-2017-pg-68

Brasil. Portaria nº 971, de 03 de maio de 2006. Aprova a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) no Sistema Único de Saúde. Diário Oficial da União. 4 maio 2006;Seção 1:20-5. Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/diarios/564335/pg-20-secao-1-diario-oficial-da-uniao-dou-de-04-05-2006

Brasil. Decreto nº 5.813 de 22 de junho de 2006. Aprova a política nacional de plantas medicinais e fitoterápicos e dá outras providências. Diário Oficial da União. 23 jun 2006;Seção 1:2-4. Disponível em: https://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?jornal=1&pagina=2&data=23/06/2006

Outras portarias

Rio Grande do Sul (RS). Portaria SES/RS 588/2017 de dezembro de 2017. Institui a relação estadual de plantas medicinais de interesse do sistema único de saúde no Rio Grande do Sul e listas complementares. Secretaria Estadual da Saúde. 22 dez 2017. Disponível em: https://saude.rs.gov.br/upload/arquivos/carga20171201/22110143-portaria-replame-rio-grande-do-sul.pdf

Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). Portaria-SEI nº 16, de 25 de maio de 2020. Institui Grupo Temático de Trabalho (GTT), Prevenção da Transmissão na Pandemia da COVID-19, com o objetivo de subsidiar tecnicamente os Hospitais Universitários Federais da Rede Ebserh em ações de prevenção da transmissão na pandemia da COVID-19. In: Boletim de Serviço nº 856 de 09 jul 2020;7-9. Disponível em: https://www.gov.br/ebserh/pt-br/acesso-a-informacao/boletim-de-servico/sede/2020/boletim_servico_856_09_07_2020_ok.pdf/view

Manuais Técnicos e publicações do MS

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Cadernos de atenção básica n° 32: atenção ao pré-natal de baixo risco. Brasília; 2012. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cadernos_atencao_basica_32_prenatal.pdf

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Cadernos de atenção básica n° 36: estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica - diabetes mellitus. Brasília: 2014. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cuidado_pessoa_diabetes_mellitus_cab36.pdf

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Núcleo Técnico da Política Nacional de Humanização. HumanizaSUS: documento base para gestores e trabalhadores do SUS. 4ª ed. Brasília: Ministério da Saúde; 2010. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/humanizasus_documento_gestores_trabalhadores_sus.pdf

Ministério da Saúde (BR). Glossário temático: práticas integrativas e complementares em saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 2018. Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/portaldab/publicacoes/glossario_pics.pdf

Ministério da Saúde (BR). Conselho Nacional de Saúde. Resolução 466, de 12 de dezembro de 2012: diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisa envolvendo seres humanos. Brasília; 2012. Disponível em: https://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf

Homepage

World Health Organization (WHO). Global status report on noncommunicable diseases 2010. Geneva: World Health Organization. 2011. Available from: https://www.who.int/nmh/publications/ncd_report2010/en/

Organización Panamericana de la Salud (OPAS). Cuidados innovadores para las condiciones crónicas: organización y prestación de atención de alta calidad a las enfermedades crónicas no transmisibles en las Américas. Washington: OPAS; 2013. Disponible en: https://paho.org/hq/dmdocuments/2013/CuidadosInnovadores-v5.pdf

Homepages passíveis de atualização (incluir a data de acesso conforme exemplo)

Ministério da Saúde (BR). Painel Coronavírus. 28 ago 2020. Disponível em: https://covid.saude.gov.br

Prefeitura Municipal de Alfenas (MG). Sistema Viver/E-SUS. 02 fev 2021. Disponível em: https://www.alfenas-mg.vivver.com/login

Publicações INCA

Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). A situação do câncer de mama no Brasil: síntese de dados dos sistemas de informação. Rio de Janeiro; 2019. Disponível em: https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files/media/document/a_situacao_ca_mama_brasil_2019.pdf

Publicações IBGE

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Cidades: Apucarama (PR). 31 jan 2022. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pr/apucarana/panorama

Ministério da Economia (BR). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pesquisa nacional de saúde: 2019: Atenção primária à saúde e informações antropométricas. Rio de Janeiro: IBGE, 2020. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv101758.pdf

Leitura de prova

A leitura de prova ocorre após a diagramação e a edição de layout do artigo aceito para publicação. Os autores receberão uma versão pré-publicação do artigo para revisarem todos os itens incluindo as credenciais, erros tipográficos e de formatação. Nesse momento também deve ser realizada a inclusão do item Agradecimentos (se for o caso). Uma vez que os autores devolvem a leitura de prova com as correções ou  com a aprovação desta versão, o editor de layout finaliza a edição e encaminha o manuscrito para publicação. Nessa etapa NÃO são aceitas inclusões de conteúdo ou grandes alterações no texto, assim como a adição de autores. Caso os autores não respondam a leitura de prova no tempo estipulado, o editor de layout finaliza a edição e encaminha o manuscrito para publicação. Após a finalização da edição não são aceitas novas solicitações de alterações no texto publicado.

Digital Object Identifier (DOI)

A atribuição de DOI é condicionada a disponibilidade do mesmo pela UFPEL, havendo mais demora no início dos anos, pelos processos de licitação. A validação ocorre pela Universidade após a publicação do artigo, sendo necessário aguardar alguns dias para que o código esteja acessível e possa ser incluso em seu Lattes.

 

 

Artigos Originais / Original Articles

- Artigos originais: é uma contribuição científica destinada a divulgar resultados de pesquisa original que não tenha sido publicada ou submetida em outros meios de divulgação. Limite Máximo de 25 páginas (sem contar a lista de referências).

Artigos de Revisão / Review Articles

- Revisões sistemáticas ou integrativasconstitui uma avaliação crítica ampliada e sistematizada da literatura sobre determinado assunto de relevância para a enfermagem e/ou para a saúde, devendo conter os procedimentos adotados, esclarecendo a delimitação e os limites do tema, finalizando com conclusões do autor. Não serão aceitas outras modalidades de revisão (ex: de literatura, narrativa, etc). Limite Máximo de 30 páginas e TODAS as referências deverão ser citadas na lista final, inclusive as que constam nos quadros.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

The names and addresses informed in this magazine will be used exclusively for the services provided by this publication, and will not be made available for other purposes or to third parties.