A alta dos usuários no centro de atenção psicossocial

Palavras-chave: Saúde mental, Serviços de saúde mental, Alta do paciente

Resumo

Objetivo: caracterizar a alta dos usuários no Centro de Atenção Psicossocial. Método: estudo documental com abordagem quantitativa com dados do livro de registro de alta dos usuários, de 2006 a 2016. Foram analisadas as variáveis sexo, motivo de alta e diagnóstico. Resultados: a amostra constituiu 1.772 altas, distribuídas sem grande disparidade entre o sexo feminino (50,9%) e masculino (46,1%). A alta clínica é o motivo prevalente (55,6%) nos 11 anos estudados e entre os três principais diagnósticos: transtorno afetivo bipolar (62,1%), episódios de depressão (59,2%) e esquizofrenia (58,3%). A esquizofrenia foi o diagnóstico prevalente entre os usuários (24,2%), seguida pelo transtorno afetivo bipolar (14,4%) e episódios depressivos (13,6%). Conclusão: o Centro de Atenção Psicossocial apresentou um percentual elevado de altas clínicas, garantindo o retorno dos usuários à vida cotidiana, especialmente entre os sujeitos com transtornos mentais graves e persistentes.

Biografia do Autor

Luciane Prado Kantorski, Universidade Federal de Pelotas
Enfermeira, Doutora em Enfermagem, Professora Associada da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas – RS- Brasil.
Ariane da Cruz Guedes, Universidade Federal de Pelotas
Enfermeira, Doutora em Enfermagem, Professora Adjunta da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas – RS- Brasil.
Roberta Antunes Machado, Instituto Federal do Rio Grande do Sul, Campus Rio Grande
Enfermeira, Mestre em Enfermagem, Doutoranda em Enfermagem no Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas, Professora de Ensino Básico Técnico e Tecnológico no Instituto Federal do Rio Grande do Sul, Campus Rio Grande – RS- Brasil.
Maria Laura de Oliveira Couto, Universidade Federal de Pelotas
Psicóloga, Doutoranda em Enfermagem no Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas – RS- Brasil.
Vinícius Boldt dos Santos, Universidade Federal de Pelotas
Bacharel em Direito, Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas – RS- Brasil.
Guilherme Emanuel Weiss Pinheiro, Universidade Federal de Santa Maria
Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico no Colégio Politécnico da Universidade Federal de Santa Maria. Enfermeiro, especialista em Estratégia Saúde da Família (UFPel) e em Atenção Psicossocial (UFSC), mestre em Ensino na Saúde pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino na Saúde (Mestrado Profissional) da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, doutorando em Enfermagem no Programa de Pós-Graduação em Enfermagem na Universidade Federal de Pelotas.
Publicado
2019-06-18
Como Citar
1.
Kantorski LP, Guedes A da C, Machado RA, Couto ML de O, dos Santos VB, Pinheiro GEW. A alta dos usuários no centro de atenção psicossocial. J. nurs. health. [Internet]. 18º de junho de 2019 [citado 24º de abril de 2024];9(3). Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/15845
Seção
Artigos Originais/ Original Articles