Oficinas terapêuticas como estratégia de cuidado: um relato de experiência de estágio em psicologia social / Therapeutic workshops as a care strategy: a statement experience report on social psychology

Palavras-chave: Serviços de saúde mental, Psicologia, Saúde mental

Resumo

Objetivo: refletir sobre os efeitos das práticas de cuidado acionadas na participação de oficinas terapêuticas em um Centro de Atenção Psicossocial. Método: relato de experiência de estágio curricular em Psicologia Social sobre oficinas de beleza realizadas em 2018 em um serviço no sul do Brasil. Resultado: os dados produzidos sinalizam a potência de espaços de escuta, trocas de experiências e acolhida em grupo, aliada às práticas de autocuidado. Conclusão: ressalta-se a necessidade da ampliação, nos serviços de saúde mental, de estratégias que priorizem a produção de espaços terapêuticos baseados em práticas de cuidado que potencializem processos emancipatórios e de protagonismo dos usuários. 

Biografia do Autor

Priscilla dos Santos da Silva, Universidade Federal de Pelotas (UFPel)
Psicóloga
Alice Monte Negro de Paiva, Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
Psicóloga
Carolina Siomionki Gramajo, Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
Psicóloga
Rita de Cássia Maciazeki-Gomes, Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
Psicóloga. Doutora em Psicologia
Publicado
2020-10-28
Como Citar
1.
da Silva P dos S, Paiva AMN de, Gramajo CS, Maciazeki-Gomes R de C. Oficinas terapêuticas como estratégia de cuidado: um relato de experiência de estágio em psicologia social / Therapeutic workshops as a care strategy: a statement experience report on social psychology. J. nurs. health. [Internet]. 28º de outubro de 2020 [citado 22º de junho de 2024];10(5). Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/16833