Taxa de ocupação e média de permanência em quatro hospitais de um município sul-brasileiro / Occupancy rate and average stay in four hospitals in a southern Brazilian municipality

Palavras-chave: Indicadores (estatística), Avaliação em saúde, Qualidade da assistência à saúde

Resumo

Objetivo: avaliar o desempenho dos indicadores taxa de ocupação geral e média de permanência geral em instituições prestadoras do Sistema Único de Saúde em Pelotas, Rio Grande do Sul. Método: estudo quantitativo, descritivo, delineamento dedutivo, em dados secundários do TABWIN, realizado de 2011 a 2015. Resultados: quanto a média de permanência geral, o hospital D esteve dentro do parâmetro. Os demais estavam acima do preconizado, com 9,2 dias de internação. Sobre a taxa de ocupação geral, o hospital A, em 2015, manteve-se no recomendado. O B destacou-se com padrão de 100%. O C, em 2011 e 2012, permaneceu na média, declinando posteriormente. No hospital D, em 2012 e 2013, a média ficou dentro do preconizado, nos demais anos a taxa foi de 89,8%. Conclusões: a média de permanência em um hospital foi dentro do parâmetro. A taxa de ocupação geral em duas entidades foi considerada acima da média.Descritores: Indicadores; Avaliação em saúde; Qualidade da assistência à saúde.

Biografia do Autor

Ana Paula da Paz Grala, Universidade Federal de Pelotas, Instituto de Biologia, Programa de Pós-Graduação em Microbiologia e Parasitologia.
Enfermeira, possui graduação em Enfermagem pela Universidade Católica de Pelotas (2013). Especialização em Auditoria em Saúde pela Universidade Católica de Pelotas(2015). Mestre em Ciências Biológicas com área de concentração em Parasitologia pelo Programa de Pós Graduação em Parasitologia da Universidade Federal de Pelotas/UFPel(Concluído em 2019). Atualmente doutoranda em Parasitologia pelo Programa de Pós Graduação da UFPel, atuando no Laboratório de Parasitologia Humana.
Adelita Campos Araújo, Prefeitura Municipal de Pelotas.
Enfermeira, graduada e licenciada em Enfermagem e Obstetrícia pela Faculdade de Enfermagem (UFPel - 2004), Doutora em Ciências (UFPel, concluído em 2015), Mestre em Enfermagem (FURG - 2008), Especialista em Didática e Metodologia do Ensino Superior (2011), Saúde da Família (2014) e Enfermagem do Trabalho (2012). Foi Professora Substituta da Faculdade de Enfermagem na Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e Professora Assistente I na Universidade Católica de Pelotas (UCPel) e Pós-Graduação (UFPel e UCPel). Atualmente é Enfermeira na Prefeitura Municipal de Pelotas.
Patrícia Osório Guerreiro, Universidade Católica de Pelotas
Dentista, possui graduação em Odontologia pela Universidade Federal de Pelotas (1999) e mestrado em Saúde e Comportamento pela Universidade Católica de Pelotas (concluído em 2006). Atualmente é cirurgiã dentista da Prefeitura Municipal de Pelotas, professor assistente II e coordenadora do Curso de Odontologiada Universidade Católica de Pelotas. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Saúde Pública.
Publicado
2020-07-02
Como Citar
1.
Grala AP da P, Araújo AC, Guerreiro PO. Taxa de ocupação e média de permanência em quatro hospitais de um município sul-brasileiro / Occupancy rate and average stay in four hospitals in a southern Brazilian municipality. J. nurs. health. [Internet]. 2º de julho de 2020 [citado 19º de julho de 2024];10(3). Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/17685
Seção
Artigos Originais/ Original Articles