A enfermagem frente ao processo de morte e morrer: uma reflexão em tempos de Coronavírus / Nursing in front of the death and dying process: a reflection in times of Coronavirus

Palavras-chave: Morte, Enfermagem, Coronavirus, Tanatologia

Resumo

Objetivo: refletir sobre os desafios da enfermagem diante do processo de morte e morrer em face a pandemia por Coronavírus. Método: estudo de análise reflexiva baseada na leitura, análise e interpretação de artigos e relatórios do Ministério da Saúde e do Conselho Federal de Enfermagem. Resultados: a mudança cotidiana no enfrentamento do Coronavírus, conduz a uma maior vulnerabilidade do profissional de enfermagem, sejam elas fruto da restrita formação sobre a morte e o morrer ou da experiência prática em tempos de pandemia. Conclusão: o espaço acadêmico tem sido apresentado como um possível local de discussão e desenvolvimento de habilidades e competências para o cuidado ao paciente que está morrendo. No entanto, os profissionais de enfermagem não vêm sendo preparados adequadamente para lidar com a morte, já que esta pode ser sinônimo de sofrimento psíquico e estresse, assim como a morte do paciente passou a ser um sinônimo de fracasso profissional.

Biografia do Autor

Glaudston Silva De Paula, Faculdade Gama e Souza, Rio de Janeiro. Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro UERJ Brasil.
Enfermeiro. Professor Auxiliar na Faculdade Gama e Souza, Rio de Janeiro. Doutor em Enfermagem na Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro UERJ Brasil.
Antônio Marcos Tosoli Gomes, Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ, Brasil.
Enfermeiro. Professor Titular do Departamento de Enfermagem Médico-Cirúrgica e do Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ, Brasil.
Luiz Carlos Moraes França, Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ. Centro Universitário Anhanguera de Niterói - UNIAN. Centro Universitário UniCBE.
Enfermeiro, Doutorando, Mestre em enfermagem pelo programa de pós graduação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Florêncio Reverendo Anton Neto, UNASP-EC
Pedagogo, Enfermeiro especialista em Cuidados Paliativos e Oncologia. Mestrando em Educaçao pelo UNASP-EC e membro do grupo AGOGÊ de pesquisa em filosofia e historia da educação.
Diogo Jacintho Barbosa, Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro UERJ. Brasil.
Enfermeiro. Professor Substituto do Departamento de Enfermagem Fundamental da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, Doutorando em Enfermagem na Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro UERJ. Brasil.
Publicado
2020-07-23
Como Citar
1.
De Paula GS, Gomes AMT, França LCM, Neto FRA, Barbosa DJ. A enfermagem frente ao processo de morte e morrer: uma reflexão em tempos de Coronavírus / Nursing in front of the death and dying process: a reflection in times of Coronavirus. J. nurs. health. [Internet]. 23º de julho de 2020 [citado 24º de fevereiro de 2024];10(4). Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/18977
Seção
Artigo de Atualização/ Update Article