Gravidez de substituição: ressignificando o adoecimento por câncer / Surrogacy: new meaning for cancer disease

Palavras-chave: Mães substitutas, Neoplasias, Família, Enfermagem, Enfermagem familiar

Resumo

Objetivo: conhecer a vivência da família ampliada quando um de seus membros/casal decide pela gravidez de substituição após diagnóstico e tratamento de câncer ginecológico. Método: estudo de caso de abordagem qualitativa. Participou uma família ampliada de sete pessoas domiciliadas em dois municípios. Os dados foram produzidos pela narrativa de vivências, obtidos por entrevista aberta e submetidos à análise temática. Resultados: a primeira categoria refere-se à união da família para apoiar a familiar que enfrentava um diagnóstico de câncer ginecológico. A segunda discorre sobre sentimentos que representaram o amálgama familiar diante do adoecimento e da decisão pela gravidez de substituição, vitais ao amparo da gestante substituta e mãe biológica. Conclusões: a gravidez de substituição possibilitou que a família ressignificasse o adoecimento e o sentido de família, mobilizada pela solidariedade, altruísmo, empatia e fé.

Biografia do Autor

Natália Taís Mergen, Universidade Federal de Santa Maria/campus Palmeira das Missões, curso de Enfermagem.
Enfermeira. Especilaista em cancerologia clinica. Universidade Regional de Blumenau  (FURB). Santa Catarina. Brasil. E-mail: natalia-mergen@hotmail.com
Fernanda Beheregaray Cabral, Universidade Federal de Santa Maria / docente
Enfermeira, Doutora em Ciências. Universidade Federal de Santa Maria, campus Palmeira das Missões, Brasil. 
Leila Mariza Hildebrandt, Universidade Federal de Santa Maria
Enfermeira, Doutora em Ciências. Universidade Federal de Santa Maria, campus Palmeira das Missões, Brasill.leilahildebrandt@yahoo.com.br ORCID: 0000-0003-0504-6166
Andressa da Silveira, Universidade Federal de Santa Maria - docente
Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Universidade Federal de Santa Maria, campus Palmeira das Missões, Brasill. andressadasilveira@gmail.com ORCID: 0000-0002-4182-4714
Nara Marilene Oliveira Girardon-Perlini, Universidade Federal de Santa Maria - docente
Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Universidade Federal de Santa Maria, campus Palmeira das Missões, Brasill.nara.girardon@gmail.com ORCID: 0000-0002-3604-2507
Isabel Cristina Pacheco Van der Sand, Universidade Federal de Santa Maria
Enfermeira, Doutora em Ciências. Universidade Federal de Santa Maria, campus Palmeira das Missões, Brasill.isabelvan@gmail.com ORCID: 0000-0002-3585-2049
Publicado
2021-06-30
Como Citar
1.
Mergen NT, Cabral FB, Hildebrandt LM, da Silveira A, Oliveira Girardon-Perlini NM, Van der Sand ICP. Gravidez de substituição: ressignificando o adoecimento por câncer / Surrogacy: new meaning for cancer disease. J. nurs. health. [Internet]. 30º de junho de 2021 [citado 12º de julho de 2024];11(2). Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/19967
Seção
Artigos Originais/ Original Articles