Atuação do enfermeiro forense em casos de agressão sexual no contexto norte-americano / Performance of the forensic nurse in cases of sexual aggression in North American context

Palavras-chave: Enfermagem forense, Ciências forenses, Delitos sexuais, Enfermagem

Resumo

Objetivo: descrever a atuação do enfermeiro forense em casos de agressão sexual no contexto da assistência norte-americana. Método: revisão integrativa, conduzida nas bases/plataformas indexadas: Scientific Electronic Library Online, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde e Medical Literature Analysis and Retrieval System, entre 2009 e 2019. Utilizou-se o Statement Preferred Reporting items For Systematic Reviews And Meta-Analyses, para a sistematização dos estudos. Resultados: sete artigos compuseram a amostra, os quais emergiram a categoria Atuação e capacitação ao exame forense dos enfermeiros forenses no atendimento de vítimas de violência sexual. Conclusão: a atuação deste profissional ocorre nos hospitais e clínicas especializadas, sendo aptos na realização da coleta de vestígios, exame físico, acolhimento, testemunho em crimes de violência, e no campo educacional para capacitar e treinar novos profissionais.

Biografia do Autor

Igor de Oliveira Reis, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo (EERP/USP).
Mestrando pelo Programa de Pós-graduação em Enfermagem Psiquiátrica da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - EERP/USP. Especializando em Enfermagem Psiquiátrica e Saúde Mental pela Faculdade Venda Nova do Imigrante - FAVENI. Bacharel em Enfermagem pela Faculdade Estácio do Amazonas (2020). Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem Forense da Universidade Federal da Paraíba - GEPEFO/UFPB. Na graduação desenvolveu duas pesquisas na modalidade Iniciação Científica, uma como bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - FAPEAM (PAIC/FHAJ 2019-2020) e outra como voluntário (PIBIC/Estácio Amazonas 2019-2020), foi membro fundador e diretor científico do Centro Acadêmico de Enfermagem Estácio Amazonas (CAEST-AM) (2018-2020), exerceu monitoria acadêmica nas disciplinas de Bioquímica (2017.1) e Anatomia Clínica (2018.1 e 2019.1). Tem interesse em pesquisas que envolvem a Enfermagem Forense e as interfaces da Violência.
Natália Rayanne Souza Castro, Escola de Enfermagem de Manaus - Universidade Federal do Amazonas (EEM/UFAM).
Graduanda do curso de Enfermagem na Escola de Enfermagem de Manaus (EEM) da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Secretária Adjunta do Centro Acadêmico do Curso de Enfermagem - CACEn da EEM/UFAM (2019-2020). Membro fundador e secretária geral da Liga Amazonense de Sistematização da Assistência de Enfermagem - LAMSAE (2017-2020), foi discente voluntária e secretária geral da Liga Acadêmica de Enfermagem em Saúde da Mulher no Amazonas - LAESMAM (2019-2020), ambas da EEM/UFAM. Desenvolveu Iniciação Científica (PIBIC-UFAM 2018/2019) com o projeto intitulado "Perspectivas dos acadêmicos quanto ao curso de Enfermagem". Exerceu monitoria acadêmica na disciplina de Atenção Integral à Saúde da Mulher (2019.2). Realizou estágio como bolsista de 3º Grau do curso de Enfermagem no setor da Divisão de Enfermagem do Hospital Universitário Getúlio Vargas - HUGV (2018-2019). Foi Bolsista pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM) através do Programa de Apoio à Iniciação Científica (PAIC-UFAM 2019-2020) com o projeto "Violência Obstétrica na Visão das Puérperas", recebendo o título de Menção Honrosa pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM) ao final do desenvolvimento do projeto.
Mônica Chaves, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas).
Possui Graduação em Enfermagem pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (1997) e Mestrado em Enfermagem pela Universidade Federal de Minas Gerais (2004). É Especialista em Enfermagem do Trabalho e em Enfermagem na Assistência ao Portador de Lesões Cutâneas pelo Instituto de Educação Continuada da PUC-Minas.Atualmente faz Especialização em Enfermagem Forense pelo Instituto Keynes. Atualmente é Professora Assistente IV do Departamento de Enfermagem da PUc Minas. É Membro do grupo de Pesquisa Processos Heurísticos e Assistência em Saúde e Enfermagem - PHASE no Curso de Enfermagem da PUC Minas (Betim) e GEPIVE- Grupo de Estudos Interdisciplinares em Cuidados Paliativos na PUC Minas Betim. Area de concentração: Gerenciamento de Caso, Cuidado Domiciliar, Cuidados Paliativos e Enfermagem Forense.
Renata Clemente dos Santos, Universidade Federal da Paraíba (UFPB).
Possui graduação em Enfermagem pela Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba (FCM-CG); Doutoranda em Enfermagem pelo Prograama de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal da Paraíba (PPGENF/UFPB). Mestra em Enfermagem pelo Programa de Pós Graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PPGENF/UFRN). Especialista em Enfermagem do Trabalho (2014). Pós-Graduada em Saúde da Família com ênfase na implantação das linhas de cuidado pela Universidade Federal da Paraíba/UFPB-PB (2015). Especialista em Enfermagem Forense (ABEFORENSE). Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisa em Enfermagem Forense da UFPB (GEPEFO/UFPB). Líder do Grupo de Estudos em Violência e Vulnerabilidade (GEVIVU/UNIFACISA) Tem experiência em Enfermagem atuando principalmente nos seguintes temas: Vulnerabilidade a Violência; Enfermagem Forense; Enfermagem em saúde do Adulto; Atenção ao paciente crítico; Semiologia e Semiotécnica.
Rafaella Queiroga Souto, Universidade Federal da Paraíba (UFPB).
Graduada em Enfermagem pela Universidade Estadual da Paraíba (2009), especialista em Enfermagem Forense pela ABEForense (2018); e Saúde Coletiva e Saúde da Família pelas Faculdades Integradas de Patos (2010), mestre em Saúde Pública pela Universidade Estadual da Paraíba (2010), doutora em Ciências da Saúde pela Universidade de São Paulo (2014). Durante o doutorado, foi aluna do International Nursing PhD Collaboration (INPhD) e realizou um ano de doutorado sanduíche na Ryerson University em Toronto, no Canadá. Pós doutora em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2015). Foi professora adjunta da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) na área de Saúde Pública, no departamento de Enfermagem, colaborando com as disciplinas: Epidemiologia, Atenção Integral à Saúde do Adulto e do Idoso na Atenção Básica II e Estágio curricular supervisionado entre 2016 e janeiro de 2018. Atualmente é docente dedicação exclusiva do Departamento de Enfermagem em Saúde Coletiva (DESC) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Docente permanente do Programa de Mestrado Profissional em Gerontologia da Universidade Federal da Paraíba. Pesquisadora vinculada ao Grupo Internacional de Estudos e Pesquisas sobre Envelhecimento e Representações Sociais-GIEPERS/UFPB. Docente permanente do Programa de Pós Graduação em Enfermagem (PPGenf). Docente líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem Forense (GEPEFO). Áreas de interesse: Saúde do idoso e Enfermagem Forense.
Jhuliano Silva Ramos de Souza, Universidade Federal de Alfenas (UNIFal).
Possui Graduação em Enfermagem Bacharelado pela Universidade do José Rosário Vellano (2016). Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Alfenas (2020), como bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Doutorando em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Alfenas (2020). Pós-Graduando em Enfermagem Psiquiátrica e Saúde Mental pela Faculdade de Venda Nova do Imigrante (2020). Pós-Graduando em Enfermagem em Atenção Primária à Saúde pela Faculdade Unyleya (2021). Membro do Grupo de Pesquisa do CNPq "Tecnologias, Inovações e Sustentabilidade em Saúde" da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG), desde 2015 até a presente data. Atualmente é Instrutor de Formação Profissional do curso Técnico em Enfermagem no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), campus Alfenas-MG. Tem experiência na área de Enfermagem, atuando principalmente nos seguintes temas: Enfermagem Forense, Educação em Enfermagem, Violência, Atenção Primária à Saúde e Práticas Integrativas e Complementares: Reiki.
Publicado
2021-03-04
Como Citar
1.
Reis I de O, Castro NRS, Chaves M, dos Santos RC, Souto RQ, de Souza JSR. Atuação do enfermeiro forense em casos de agressão sexual no contexto norte-americano / Performance of the forensic nurse in cases of sexual aggression in North American context. J. nurs. health. [Internet]. 4º de março de 2021 [citado 28º de maio de 2024];11(1). Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/20111
Seção
Revisão Sistemática e Integrativa/ Systematic and Integrative Review