O COMPROMETIMENTO ORGANIZACIONAL EM UMA GRANDE EMPRESA BRASILEIRA DO SEGMENTO DE SAÚDE

Tiago Dalpiaz, Simone Portella Teixeira de Mello, Paulo de Almeida Afonso

Resumo


Os colaboradores das organizações estão por trás das conquistas, lucros e resultados e o comprometimento organizacional parece ser o segredo de sucesso de qualquer organização. Neste estudo avaliou-se o grau de comprometimento dos colaboradores da área comercial de uma grande empresa nacional no segmento da saúde por meio da aplicação da Escala de Bases de Comprometimento Organizacional (EBACO). Aplicou-se o questionário via intranet aos 71 profissionais da área que atuam na empresa em todas as regiões do Brasil, representando cerca de 60% dos colaboradores envolvidos na área comercial da organização. Os resultados revelam que bases como obrigação em permanecer, afiliativa, falta de recompensas e oportunidades e escassez de alternativas de outras oportunidades de trabalho apontaram comprometimento abaixo da média ou baixo comprometimento. Por outro lado, as bases afetiva e de obrigação pelo desempenho apresentaram resultados com nível de comprometimento acima da média e alto, respectivamente. O fato de ser uma empresa familiar com os fundadores ainda no controle, assim como estar no seguimento de saúde podem explicar tais resultados. O contexto econômico atual e a restrição de oportunidades de trabalho também ratificam os resultados. Sugere-se que ações pontuais possam ser desenvolvidas às equipes visando melhorias no clima organizacional.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/reat.v13i2.16217