CARTOGRAFIA TÁTIL E A ELABORAÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO PARA ALUNOS CEGOS / Tactile Cartography and Elaboration Courseware for Blind Students

Silvia Elena Ventorini, Patrícia Assis da Silva, Gisa Fernanda Siega Rocha

Resumo


Neste artigo apresenta-se a pesquisa na área da Cartografia Tátil desenvolvida por meio da parceria entre pesquisadores de três Instituições de Ensino Superior (IES). O objetivo do estudo é elaborar ações e material didático tátil que possam disseminar a Cartografia Tátil em municípios do Estado de Minas Gerais, contribuindo para o ensino e o aprendizado de alunos com deficiência visual e na Formação Continuada de Professores.  A área de estudo é o Instituto São Rafael, localizado no município de Belo Horizonte – MG. O procedimento teórico-metodológico tem como base a perspectiva histórico-cultural e a experiência do grupo de Cartografia Tátil da UNESP.    As ações desenvolvidas são: elaboração de mapas táteis e maquetes com e sem recursos sonoros; realização de workshops entre os pesquisadores das três IES; preparação e realização de cursos de extensão, criação de um Website e estudo sobre a organização espacial de alunos cegos.  A vivência no Instituto São Rafael tem direcionado o desenvolvimento das ações, tanto na produção de material didático como na divulgação da pesquisa. O resultado da experiência indica que há escassez de material didático e estudos coerentes com a realidade de ensino de Geografia para os alunos com deficiência visual que frequentam o Instituto.   

ABSTRACT


The aim of this work is to report the study about Tactile Cartography that was developed by an association between researchers from three Institutions of Higher Education (IHE). The purpose of the project is to develop strategies and tactile teaching material to spread the Tactile Cartography around cities from Minas Gerais State in order to give both, blind students and teachers support during the learning process. The study takes place in Belo Horizonte City - MG, at São Rafael Institute. The methodological approach is based on the historic-cultural aspects and the previous experience of UNESP Tactile Cartography group. The procedures are: development of tactile maps and miniatures with and without sound resources; workshop involving researchers from the three IHE; promotion of extension course; website development. The experience gained at São Rafael Institute guides the development of procedures and teaching material, and influences the research dissemination. The result of the project proves that there is a lack of materials and resources concerning teaching Geography to visually impaired or blind students at the Institute.


Keywords: Tactile Teaching Material, Blind Student, Teaching Geography


Palavras-chave


Material didático tátil, Aluno cego, Ensino de Geografia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/gm.v1i2.6330

INDEXADORES:

 

Geoscience e-Journals 

Previous

Random

Next

List

 
 
BASES DE DADOS:
 
 

APOIO INSTITUCIONAL:

   

Curta nossa página no Facebook: