Publicação de Dossiê: No ar o novo Dossiê: A generalização da ideia de empresa nas políticas sociais: características e implicações

 

A Revista Novos Rumos Sociológicos (NORUS), do Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), publica em seu v. 7, nº 12 o Dossiê: “A generalização da ideia de empresa nas políticas sociais: características e implicações". Este dossiê é organizado por: Marcio Silva Rodrigues,  Professor Adjunto do Departamento de Administração, do Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS), do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais e do Mestrado Profissional (PPGDTSA) em Administração Pública (PROFIAP) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), por Márcio Barcelos, Professor Adjunto do Departamento em Administração, do Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS) e do Mestrado Profissional (PPGDTSA) em Administração Pública (PROFIAP) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e por Larissa Ferreira Tavares, Professora Assistente do Instituto de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis da Universidade Federal do Rio Grande (ICEAC/FURG) e doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGA/UFSC).

O objetivo deste dossiê consiste em promover discussões teóricas e metodológicas que se debruçam sobre a ideia de empresa como referencial normativo que, paulatinamente, vem incidido através de diversas técnicas, sobre as sociedades sejam elas periféricas ou centrais. O modelo de empresa enquanto poder transversal e a reflexão crítica sobre as suas consequências e desdobramentos são contemplados no presente dossiê.

Essa edição conta ainda com cinco artigos submetidos ao fluxo contínuo, demonstrando que a NORUS vem se consolidando como espaço de interesse de pesquisadores das Ciências Sociais para publicação de suas pesquisas. Estes artigos abordam questões ligadas a temáticas diversas, tais como: A “PEC do Teto” como reafirmação da autocracia burguesa no Brasil; Representação substantiva de gênero e raça no Brasil: análise de casos; Walden, desobediência civil no Brasil e Capitão Fantástico: Uma análise conceitual, fílmica e textual; Os sentidos do ensino de Sociologia: o que dizem egresso/as da licenciatura em Ciências Sociais da UFSC?; Redes, sociedade informacional e internet: os usos políticos do on-line na contemporaneidade a partir da massificação de pós-verdades e de fake news. Por fim, a edição conta com uma resenha intitulada « A emergência dos condenados da terra na América Latina » e escrita por William Héctor Gómez Soto e Sandro Adams, da obra “Los desbordes desde abajo: 1968 en América Latina” de Raúl Zibechi.

Agradecemos às autoras e aos autores pela generosa variedade de aportes teóricos e empíricos que integraram o presente número. Ademais, estendemos nossos agradecimentos à equipe de pareceristas que contribuiu para a qualidade do trabalho e aos discentes da equipe que colaboraram efetivamente para a publicação deste número da NORUS.

 

Desejamos uma boa leitura!  

Devido aos novos critérios da CAPES, para avaliação do qualis, solicitamos que o artigo publicado seja incluso no google scholar de cada autor/a.