Abordagens Sociológicas da Questão Ambiental: Contribuições e Limites Conceituais

Pedro Robertt

Resumo


O artigo traça um panorama geral de algumas das principais abordagens, na área da sociologia, sobre a questão ambiental. Seu objetivo é mostrar que não existe uma perspectiva sociológica única sobre essa questão. Examinam-se cinco abordagens analíticas: a sistêmica, a valorativacomunicativa, a das contradições do capitalismo, a do risco e a pós-moderna. Na exposição são apresentadas as diversas abordagens assinalando suas principais características; deixando para a parte de considerações finais, as contribuições e limites conceituais de cada uma delas. O estudo mostra que existem diálogos e entrecruzamentos entre as diversas leituras da questão ambiental, concluindo-se que a análise pós-moderna é aquela que consegue incorporar desde uma visão peculiar e critica as outras perspectivas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15210/norus.v2i2.5767

Direitos autorais 2015 Autor e Revista

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2318-1966 

Indexadores nacionais: Sumários.orgDiadorimGoogle Scholar

Indexadores internacionais: Bibliothek Universitat Hamburg;Citeulike; DOAJLatindex; Mendeley; REDIB; Research Gate; ROAD; WorldCat

 

Apoio: