A rebelião do vivido. Henri Lefebvre no centro de Salvador

Urpi Montoya Uriarte

Resumo


Este artigo pretende trazer Henri Lefebvre para o centro de Salvador: usar suas ideias e categorias para interpretar alguns discursos e cenas na capital baiana, demonstrando como o que ele chamou de direito à cidade está sendo exigido hoje no Pelourinho e como o que ele denominou de a rebelião do vivido está acontecendo em espaços centrais, tais como a Avenida Sete de Setembro. O material empírico que este artigo analisa à luz das ideias e categorias lefebvrianas são um documento da Associação de Moradores e Amigos do Centro Histórico (AMACH) e o cotidiano de um vendedor de castanhas e camarão seco na Rua do Forte.


Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO de Moradores e Amigos do Centro Histórico (AMACH). Dossiê. Salvador: 2008, 11p. (mimeo)

CARVALHO FILHO, Milton Julio de; MONTOYA URIARTE, Urpi. A Avenida Sete e seus transeuntes. In: ______; ______ (org.). Panoramas Urbanos: usar, viver e construir Salvador. Salvador: Edufba, 2014a.

______; ______. Transeuntes e usos da Avenida Sete. In: ______; ______. Panoramas Urbanos: usar, viver e construir Salvador. Salvador: Edufba, 2014b.

DEULCEUX, Sandrine; HESS, Remi. Henry Lefebvre. Vie, ouevres, concepts. Paris: Ellipses, 2009.

HARVEY, David. As cidades rebeldes de David Harvey, 2012. Disponível em www.outraspalavras.net/2012/07/13/as-cidades-rebeldes-de-david-harvey; acessado em 20 jul. 2012.

______. Le capitalisme contre le droit à la ville. Néoliberalisme, urbanisation, résistances. Paris: Amsterdam, 2011.

______. Espaços de esperança. São Paulo: Loyola, 2004.

KHOTARI, Miloon. Observações preliminares do relator especial das Nações Unidas para a moradia adequada, Sr. Miloon Khotari, sobre sua missão ao Brasil (30 mai.-11 jun. 2004). Coletiva de Imprensa. Salvador, 11 jun. 2004, 10p. (mimeo)

LEFEBVRE, Henri. A revolução urbana. Belo Horizonte: UFMG, 2002. [1970]

______. La production de l’espace. 4. ed. Paris: Anthropos, 2000. [1974]

______. O direito à cidade. São Paulo: Documentos, 1969. [1968]

LETHIERRY, Hugues. Penser avec Henri Lefebvre. Sauver la vie et la ville? Lyon: Chronique Sociale, 2009.

MÁRQUEZ, Francisca. De lo material y lo simbólico en la vivienda social. In: RODRÍGUEZ, Alfredo; SUGRANYES, Ana (ed.). Los con techo. Un desafío para la política de vivienda social. Santiago: Sur, 2005.

MONTOYA URIARTE, Urpi. Pobreza e cultura. A luta dos pobres para permanecer morando no Centro Histórico de Salvador. Cadernos PPG-AU, Número especial sobre Patrimônio, Salvador: Programa de Pós-Graduação em Arquitetura da UFBA, 2012a.

______. O lugar da história no consumo do chamado patrimônio histórico. Interseções: Revista de Estudos Interdisciplinares. Rio de Janeiro: UERJ, 2012b.

______. Por trás das fachadas coloridas. Etnografias nos “novos” Bairro do Recife (Pernambuco) e Pelourinho (Bahia). Pontourbe, n. 7. São Paulo: NAU/USP, 2010.

______. Intervenções recentes em centros históricos: as políticas de “recuperação” dos centros históricos de Salvador, Lima e Quito. Cadernos do CEAS, n. 208, p. 73-92. Salvador: CEAS, nov./dez, 2003.

OLIVIERI, Alberto Freire de Carvalho. O desenho da mudança social na arquitetura de “invasão”. Salvador: Edufba, 1999.

RODRÍGUEZ, Alfredo; SUGRANYES, Ana (ed.). Los con techo. Un desafío para la política de vivienda social. Santiago: Sur, 2005.

SANTOS, Milton. Os espaços da racionalidade. In: A natureza do espaço. Técnica e tempo. Razão e emoção. São Paulo: Hucitec, 1996.

SANTOS, Nelson Ferreira dos et al. Quando a rua vira casa. A apropriação de espaços de uso coletivo em um centro de bairro. 2. ed. revisada e atualizada. Rio de Janeiro: IBAM/FINEP, 1981.

SEGOVIA, Olga. Habitar en conjuntos de vivienda social: cómo construir identidad, confianza y participación social? In: RODRÍGUEZ, Alfredo; SUGRANYES, Ana (ed.). Los con techo. Un desafío para la política de vivienda social. Santiago: Sur, 2005.




DOI: https://doi.org/10.15210/norus.v4i6.9315

Direitos autorais 2016 Autor e Revista

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2318-1966 

Indexadores nacionais: Sumários.orgDiadorimGoogle Scholar

Indexadores internacionais: Bibliothek Universitat Hamburg;Citeulike; DOAJLatindex; Mendeley; REDIB; Research Gate; ROAD; WorldCat

 

Apoio: