A Formação Inicial do Pensamento de John Dewey

Thiago Gomes

Resumo


O pensamento filosófico de Dewey pode ser dividido em três períodos. O primeiro corresponde ao período das publicações de seus primeiros artigos, ainda sob influência do transcendentalismo americano, até aproximadamente a publicação de Studies in Logical Theory. A segunda fase corresponde às duas décadas seguintes, período em que Dewey desenvolveu sua filosofia da educação, pela qual ele é mais conhecido, e seu pragmatismo instrumentalista. O início da terceira fase é demarcado pela publicação de Experience and Nature. Este artigo se concentra em apresentar as vicissitudes do pensamento de Dewey em sua primeira fase, um período pouco explorado de biografia filosófica do pragmatista americano. Nesse sentido, este artigo abrange o período histórico que corresponde à graduação de Dewey em filosofia na Universidade de Vermont e sua identificação com o hegelianismo e o transcendentalismo até seu afastamento do hegelianismo e a adoção da psicologia experimental como ferramenta capaz de abordar a complexidade da experiência humana.

Palavras-chave


John Dewey; História da Filosofia; Pragmatismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/dissertatio.v47i0.12884

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários




________________________________________________________________________

DISSERTATIO Revista de Filosofia

Universidade Federal de Pelotas - UFPel | Instituto de Filosofia, Sociologia e Política

Departamento de Filosofia | Programa de Pós-Graduação em Filosofia

Caixa Postal 354 | CEP 96001-970 | Pelotas, RS | Brasil


FILOSOFIA/TEOLOGIA: subcomissão FILOSOFIA

Licença Creative Commons
Revista licenciada pela Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. Com esta licença os leitores podem copiar e compartilhar o conteúdo dos artigos em qualquer meio ou formato, desde que o autor seja devidamente citado.


Indexadores:

      

Diretórios:

    

Associações: