DESAFIOS À SENSIBILIZAÇÃO PARA OS DIREITOS HUMANOS NO BRASIL

Keberson Bresolin, Gilberto Starck

Resumo


O presente artigo tem por objetivo analisar os desafios para a sensibilização aos direitos humanos no Brasil. A pesquisa será realizada através de pesquisa bibliográfica e do método dedutivo. Num primeiro momento, será apresentada brevemente a formação eurocêntrica dos direitos humanos no pós II Guerra Mundial. Em seguida, como o discurso dos direitos humanos chega ao Brasil, no pré-ditadura militar até a promulgação da Constituição de 1988. Por fim, serão apresentados os desafios para a sensibilização dos direitos humanos partindo de três pontos considerados essenciais para que a sensibilização dos direitos humanos seja alcançada em nosso País, a saber: a educação para os direitos humanos, o direito à memória e o discurso descolonial.


Palavras-chave


Direitos humanos; educação; direito à memória; descolonialidade; sensibilização.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/dissertatio.v47i0.13178

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários




________________________________________________________________________

DISSERTATIO Revista de Filosofia

Universidade Federal de Pelotas - UFPel | Instituto de Filosofia, Sociologia e Política

Departamento de Filosofia | Programa de Pós-Graduação em Filosofia

Caixa Postal 354 | CEP 96001-970 | Pelotas, RS | Brasil


FILOSOFIA/TEOLOGIA: subcomissão FILOSOFIA

Licença Creative Commons
Revista licenciada pela Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. Com esta licença os leitores podem copiar e compartilhar o conteúdo dos artigos em qualquer meio ou formato, desde que o autor seja devidamente citado.


Indexadores:

      

Diretórios:

    

Associações: