Notas sobre a crítica ao planejamento em Law, legislation and liberty, de F. A. von Hayek

Amaro de Oliveira Fleck

Resumo


Em Direito, legislação e liberdade, Friedrich August von Hayek dirige diversas críticas à ordem planejada implementada pelos Estados previdenciários no mundo ocidental. O presente artigo almeja analisar estas críticas, em especial os critérios normativos subjacentes a elas. Sua tese é que Hayek fracassa em suas críticas por: 1) cometer a falácia naturalista; 2) não diferenciar suficientemente a teoria das ordens espontâneas da teoria da evolução cultural; 3) não perceber que a teoria da evolução cultural pode ser conciliada com a ordem planejada.


Palavras-chave


Hayek; neoliberalismo; mercado; normatividade.

Texto completo:

PDF

Referências


ANGNER, Erik. “Did Hayek Commit the Naturalistic Fallacy?”. Journal of the History of Economic Thought, 26(3), p. 349-61, 2004.

CALDWELL, Bruce e REISS, Julian. “Hayek, Logic and the Naturalistic Fallacy”. Journal of the History of Economic Thought, 28(3), p. 359-70, 2006.

DARDOT, Pierre e LAVAL, Christian. A Nova razão do mundo. Ensaio sobre a sociedade neoliberal. São Paulo: Boitempo, 2016.

FIANI, Ronaldo. “Uma crítica dos mecanismos de variação e seleção no conceito de ordem espontânea de Hayek”. Revista de Economia Contemporânea, 6(2), p. 7-35, 2002.

GAUS, Gerald F. “Hayek on the evolution of society and mind”. Em: FESER, Edward (Ed.). The Cambridge Companion to Hayek, p. 232-257. Cambridge University Press, 2006.

HAYEK, Friedrich A. von. Law, legislation and liberty. Volume I: Rules and Order. Routledge, 1982 (1982a).

_____. Law, legislation and liberty. Volume II: The Mirage of Social Justice. Routledge, 1982 (1982b).

_____. Law, legislation and liberty. Volume III: The Political Order of a Free People . Routledge, 1982 (1982c).

_____. The Constitution of Liberty. University of Chicago Press, 2011.

HODGSON, Geoffrey M. “Hayek, evolution, and spontaneous order”. Em: FESER, Edward (Ed.). The Cambridge Companion to Hayek, p. 408-447. Cambridge University Press, 2006.

HUME, David. Tratado da natureza humana. São Paulo: Editora UNESP, 2009.

MIROWSKI, Philip. “Naturalizing the market on the road to revisionism: Bruce Caldwell’s Hayek’s challenge and the challenge of Hayek’s interpretation”. In: Journal of Institutional Economics, 3:3, p. 351-372, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.15210/dissertatio.v48i0.13219

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários




________________________________________________________________________

DISSERTATIO Revista de Filosofia

Universidade Federal de Pelotas - UFPel | Instituto de Filosofia, Sociologia e Política

Departamento de Filosofia | Programa de Pós-Graduação em Filosofia

Caixa Postal 354 | CEP 96001-970 | Pelotas, RS | Brasil


FILOSOFIA/TEOLOGIA: subcomissão FILOSOFIA

Licença Creative Commons
Revista licenciada pela Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. Com esta licença os leitores podem copiar e compartilhar o conteúdo dos artigos em qualquer meio ou formato, desde que o autor seja devidamente citado.


Indexadores:

      

Diretórios:

    

Associações: