Towards a Brazilian Critical Theory of Justice: Social Liberation, Public Justification, and Normative Reconstruction

Nythamar Fernandes Oliveira, Delamar Volpato Dutra

Resumo


Neste ensaio, defendemos uma recepção brasileira da teoria crítica que busca a emancipação política por meio de seus movimentos sociais, promovendo reivindicações normativas e formas de libertação, de modo a permitir uma justificação pública e uma reconstrução da justiça social em uma democracia emergente. Uma teoria crítica da justiça brasileira mostra-se emergente da realidade social e conflituosa de suas reivindicações identitárias e lutas pelo reconhecimento, dentro de um processo contínuo de democratização que, desde o seu início há mais de trinta anos - após duas décadas de ditadura militar e após cerca de cinco séculos de um processo violento de colonização e autoritarismo -, atingiu o seu clímax de divisões internas e polarização nos dias atuais.


Palavras-chave


Brasil; democracia; justiça; libertação; reconstrução; teoria crítica.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/dissertatio.v47i0.13314

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo