A reconhecibilidade precede o reconhecimento? Acerca das críticas de Judith Butler a Axel Honneth

Mariana Fischer Pacheco

Resumo


Buscaremos, neste artigo, investigar o debate entre Axel Honneth e Judith Butler, que, cada vez mais, ganha importância para a filosofia política contemporânea. A filósofa e o filósofo discutem a ligação entre reconhecimento e lutas sociais, especialmente, o papel de identidades nestes conflitos. O fundamento da polêmica reside nas divergentes leituras de Hegel: Honneth enfatiza o papel da intersubjetividade e do amor e, a partir daí, escreve sobre a afirmação de identidades em lutas por reconhecimento; já Butler lê Hegel com os franceses e, nesse tom, insiste na relevância de um desejo de reconhecimento e interessa-se por conflitos sociais que não mais se apoiam em identidades.


Palavras-chave


Reconhecimento; lutas sociais; identidades; abjeção.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/dissertatio.v47i0.13647

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo