“Συλλογισμος” tem dois significados nos Analíticos?

Mateus Ricardo Fernandes Ferreira

Resumo


A tese de que o termo “συλλογισμός” pode significar, ao menos em suas ocorrências nos Analíticos, ora um argumento silogístico em sua totalidade, ora a conclusão desse argumento, recebe significativo apoio dos intérpretes. Neste artigo mostro que as evidências a favor dessa tese são frágeis e que “συλλογισμός” não sofre variação semântica nos Analíticos. Defendo que esse termo não designa um modelo ou esquema de inferência, mas um tipo de ato pelo qual a conclusão é obtida a partir das premissas.


Palavras-chave


Silogismo; Primeiros Analíticos; Aristóteles; Lógica Antiga

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15210/dissertatio.v52i0.19538

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




________________________________________________________________________

DISSERTATIO Revista de Filosofia

Universidade Federal de Pelotas - UFPel | Instituto de Filosofia, Sociologia e Política

Departamento de Filosofia | Programa de Pós-Graduação em Filosofia

Caixa Postal 354 | CEP 96001-970 | Pelotas, RS | Brasil


FILOSOFIA/TEOLOGIA: subcomissão FILOSOFIA

Licença Creative Commons
Revista licenciada pela Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. Com esta licença os leitores podem copiar e compartilhar o conteúdo dos artigos em qualquer meio ou formato, desde que o autor seja devidamente citado.


Indexadores:

      

Diretórios:

    

Associações: