Rede de apoio familiar à gravidez e ao parto na adolescência: uma abordagem moscoviciana

Greice Carvalho de Matos, Marilu Correa Soares, Ana Paula de Lima Escobal, Pricilla Porto Quadro, Juliana Baptista Rodrigues

Resumo


Objetivo: identificar as redes de apoio familiar às mulheres que vivenciaram a gestação e o parto recorrentes na adolescência. Métodos: estudo descritivo com abordagem qualitativa. Fizeram parte desta pesquisa 30 mulheres que vivenciaram a gestação e o parto recorrente na adolescência. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada e analisados com base na Análise Textual Discursiva. Resultados: a família apresentou-se como principal fonte de apoio, a presença da mesma foi atrelada a discursos positivos, confirmando o pressuposto inicial deste estudo, de que a fragilidade na rede de apoio desencadeia, na adolescente, sentimentos negativos do processo de gestar e parir. Considerações finais: a figura materna apresentou‐se como principal rede de apoio sendo referenciada como importante suporte para a adolescente na vivência da gestação e do parto.


Palavras-chave


Adolescente; Gravidez na adolescência; Apoio social

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/jonah.v9i1.12754



Direitos autorais 2019 Journal of Nursing and Health

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.