Intervenções não farmacológicas ofertadas ao usuário com transtorno mental comum na atenção primária à saúde

Suellen Cristina da Silva Chaves, Maria do Perpétuo Socorro de Sousa Nobrega, Taires dos Santos Silva

Resumo


Objetivo: analisar na literatura as intervenções não farmacológicas ofertadas aos indivíduos com Transtorno Mental Comum atendidos na Atenção Primária à Saúde. Métodos: trata-se de uma revisão integrativa, realizada no mês de maio e junho de 2018, com análise de publicações indexadas em bases de dados, nas línguas portuguesa, inglesa e espanhola, disponíveis gratuitamente, sem limitação da data de publicação. Resultados: foram selecionados cinco estudos que correspondiam aos critérios de inclusão e exclusão, sendo divididos em quatro temas principais: Terapia Cognitiva Comportamental; Terapia de resolução de problemas; Socioterapia e Cuidados Colaborativos. Considerações finais: os resultados ressaltam a escassez de estudos voltados para essa temática na literatura mundial e a necessidade do uso de terapias não farmacológicas como fator de consolidação da qualidade dos serviços prestados na Atenção Primária à Saúde.


Palavras-chave


Transtornos mentais; Atenção primária à saúde; Terapias complementares

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/jonah.v9i3.14472



Direitos autorais 2019 Journal of Nursing and Health

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.