A espiritualidade no cuidado perioperatório: a perspectiva do paciente

Taline Cristina Vieira da Silva, Nathália Romeu De Mazzi

Resumo


Objetivo: compreender a espiritualidade no cuidado perioperatório sob a perspectiva do paciente. Métodos: pesquisa qualitativa, descritiva e exploratória, realizada por meio de entrevistas semiestruturadas com 10 pacientes em pós-operatório de cirurgia eletiva internados em um hospital paulista entre fevereiro e abril de 2018. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo, modalidade temática. Resultados: a espiritualidade foi relacionada às atividades de rotina do paciente, sendo relatada a importância da fé para os enfrentamentos, especialmente na diminuição de angústias no perioperatório. Houve, porém, confusão entre os significados de espiritualidade e religiosidade. Sobre os sistemas de apoio, os entrevistados citaram os líderes religiosos e a família como sustentação à fé no perioperatório, visto que os profissionais de saúde não abordam tal aspecto no cuidado. Considerações finais: há uma dicotomia entre as necessidades dos pacientes e a abordagem da espiritualidade realizada pelos profissionais de saúde, tornando-se necessário repensar os fluxos e protocolos institucionais.


Palavras-chave


Assistência perioperatória; Espiritualidade; Integralidade em saúde; Equipe de assistência ao paciente

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/jonah.v9i2.14752



Direitos autorais 2019 Journal of Nursing and Health

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.