Estratégias de atendimento à crise psíquica por um serviço de atendimento móvel de urgência

Alana dos Santos de Souza, Paula Hayasi Pinho, Sinara Vera, Helena Moraes Cortes

Resumo


Objetivo: conhecer quais estratégias estão sendo adotadas no atendimento à crise psíquica pelos profissionais de um Serviço de Atendimento Móvel de Urgência num município do Recôncavo da Bahia. Métodos: estudo qualitativo, descritivo e exploratório. Foram participantes, 22 profissionais que prestam assistência direta aos usuários do serviço. Coletaram-se os dados por meio de entrevista semiestruturada em abril de 2018, analisou-se os dados por meio da técnica de análise temática. Resultados: evidenciou-se como estratégias de atendimento: a avaliação da cena, ação conjunta com a polícia militar, ações de contenção física e química, orientação à família, encaminhamento do usuário para o serviço hospitalar. Considerações finais: as estratégias de atendimentos a crise psíquica são fundamentadas na psiquiatria clássica, havendo a necessidade de educação permanente das equipes do referido serviço, baseando-se nos cuidados fundamentados no modo de atenção psicossocial.


Palavras-chave


Intervenção na crise; Saúde mental; Serviços de saúde mental; Psiquiatria; Transtornos mentais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/jonah.v9i1.15019



Direitos autorais 2019 Universidade Federal de Pelotas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.