Incorporação do letramento em saúde comunitária ao sistema único de saúde: possibilidades, controvérsias e desafios/ Incorporation of community health literacy into the unified health system: possibilities, controversies and challenges

Margareth Santos Zanchetta, Walterlania Silva Santos, Katarinne Lima Moraes, Clarissa Moura Paula, Lizete Malagoni Oliveira, Francisca Márcia Pereira Linhares, Wanderleya de Lavor Coriolano-Marinus, Alecssandra Silva Viduedo

Resumo


Objetivo: expor e analisar os argumentos emergidos em debate entre enfermeiros sobre as possibilidades, controvérsias e desafios para a incorporação do letramento em saúde comunitário ao sistema único de saúde. Método: relato de experiência de intervenção-piloto educacional como um curso utilizando transferência de conhecimentos no bojo da colaboração Canadá-Brasil implantada em Brasília, Goiânia e Recife (janeiro de 2020). Resultados: o estado de crítica revelado por 63 participantes englobou o desenvolvimento da liderança social e organizacional, influência nos processos de trabalho uni e interdisciplinar, contribuição para elevar indicadores de qualidade de serviços em letramento em saúde, subutilização dos potenciais de criatividade dos enfermeiros para estabelecerem alianças produtivas com usuários. Conclusão: os argumentos inspiraram recomendações para potencializar autonomia e engajamento dos usuários em programas de cuidados primários à saúde, assim como otimização dos recursos para letramento em saúde, com investimentos na área de saúde digital, somando-se às prioridades para América Latina.


Palavras-chave


Capacitação; cooperação internacional; desenvolvimento de pessoal; letramento em saúde; liderança

Texto completo:

PDF HTML




Direitos autorais 2020 Universidade Federal de Pelotas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.