“Les petits vases moches” du Musée Royal de l’Ontario

Carolina Kesser Barcellos Dias

Resumo


Neste artigo, de caráter ensaístico, procuraremos apresentar alguns aspectos da análise e possibilidades de abordagens metodológicas para o estudo dos vasos de figuras negras do final do período arcaico, baseando-nos nos lécitos presentes na coleção do Museu Real de Ontário, Toronto, Canadá. Interessa-nos aqui apontar, além das questões pertinentes aos estudos particulares dessa categoria de vasos cerâmicos, a maneira como esses conjuntos de pequenos vasos de figuras negras foram sendo apresentados na bibliografia, nos catálogos e nas discussões atuais sobre ceramologia.

Palavras-chave


lécitos, figuras negras, atribuição, ceramologia

Texto completo:

PDF

Referências


BEAZLEY, John Davidson. Attic black figure vase painters.Oxford: Clarendon Press, 1956.

BOARDMAN, John. Athenian black figure vases. A handbook. London: Thames and Hudson, 1991.

DIAS, C. K. B. Apontamentos Sobre a Atribuição de Vasos Áticos: a Produção do Pintor de Gela. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, v. 19, p. 235-255, 2009.

DIAS, C. K. B.Abordagens metodológicas para o estudo de vasos gregos: a atribuição e a análise iconográfica. Revista Eletrônica Antiguidade Clássica, v. 004, p. 47-65, 2009.

DIAS, C. K. B.Atribuir ou não atribuir é uma questão? Comentários sobre a metodologia de atribuição de vasos de figuras negras do final do arcaísmo. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, n.21, 2011: 395-400.

HASPELS, Caroline Henriette Emilie. Attic black-figured lekythoi. Paris: E. de Boccard, 1936.

HAYES, John W. (ed.). Corpus Vasorum Antiquorum Canada Royal Ontario Museum Toronto: Attic black figure and related wares. Oxford: Oxford Univ. Press, 1981




DOI: https://doi.org/10.15210/interfaces.v15i1.6719

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN eletrônico: 1984-5677

ISSN impresso: 1519-0994