PROJETO, PADRÕES E TECNOLOGIA: da linguagem de Alexander à programação e inteligência artificial

Giovanna Tomczinski Novellini Brígitte

Resumo


O Design Computacional e a Modelagem da Informação da Construção (BIM) governam as tendências atuais do projeto mediado por computador em arquitetura. Se, por um lado, o design computacional é capaz de proporcionar um conjunto de inúmeras possibilidades durante o projeto arquitetônico, por outro, BIM pode ter um enorme impacto no reforço da qualidade das decisões tomadas na fase de concepção, uma vez que promete a integração e processamento de informações em Arquitetura, Engenharia, Construção e Operação (AECO) combinando tecnologias geométricas e informações não geométricas. Este ensaio colabora para áreas de Processo de Projeto e Arquitetura Digital, resgatando e rediscutindo aspectos levantados por movimentos como o Design Methods (1960) e Design Thinking (1969), estimulando sua integração à alternativas digitais, consolidas (CAD, SGs) e promissoras (BIM e AM), subsidiando os projetistas na escolha assertiva de soluções projetuais com diversidade e similaridade semântica, através de métodos e algoritmos de tomada de decisão.

Palavras-chave: processo de projeto, arquitetura digital, design computacional, modelagem da informação, parâmetros de projeto.


Texto completo:

48-63


DOI: https://doi.org/10.15210/pixo.v5i17.20135

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 PIXO - Revista de Arquitetura, Cidade e Contemporaneidade

 

 

INDEXADORES e DIRETÓRIOS 

ARLA

DIADORIM

DOAJ

DOI

EBSCO

ERIH PLUS

GOOGLE SCHOLAR

LATINDEX

LIVRE

PORTAL DE PERIÓDICOS CAPES

PORTAL DE PERIÓDICOS UFPEL

REDIB

SUMÁRIOS.ORG

 

 

contador