VER À DISTÂNCIA: A PRODUÇÃO AUDIOVISUAL DE JOVENS HOMENS DE UMA ÁREA RURAL DA ÁFRICA DO SUL

Alex Vailati

Resumo


Este trabalho analisa a relação entre imaginação e produção audiovisual, entre um grupo de jovens homens em KwaMashabane, uma área rural da África do Sul. Através da metodologia vídeo-colaborativa serão analisadas as relações de poder que sustentam a produção de vídeos. O evidente papel subalterno dos jovens locais e a análise do processo de produção revelam diferentes níveis de hegemonia. Se a autoridade dos adultos não é ainda contestável pelos jovens, parece que os símbolos neoliberais, imagens e narrações estão tornando-se a maior retórica que influencia a imaginação dos jovens.


Palavras-chave


África do Sul; Zulu; Vídeo colaborativo; Jovens.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/tes.v2i2.4880

 

TESSITURAS | Revista de Antropologia e Arqueologia

Programa de Pós-Graduação em Antropologia  | Universidade Federal de Pelotas

 

Indexadores: