Vivências do familiar frente ao diagnóstico de diabetes mellitus na criança/adolescente

Palavras-chave: Diabetes mellitus, Família, Criança, Adolescente, Enfermagem

Resumo

Objetivo: identificar as vivências do familiar frente ao diagnóstico de Diabetes Mellitus na criança/adolescente. Métodos: pesquisa qualitativa, realizada com 15 familiares de crianças/adolescentes do Centro Integrado de Diabetes de um Hospital Universitário do sul do Brasil. Coletou-se os dados no primeiro semestre de 2014 por entrevistas semiestruturadas, tratadas pela análise de Conteúdo. Resultados: os familiares identificam os sinais/sintomas, mas não associados com diabetes ou confundidos com outras patologias. O diagnóstico ocorre em consultas de rotina ou quando ocorre o agravamento da situação. Os sentimentos comuns são culpa e medo, por não saber como agir. Primeiro ocorre a negação e depois a busca por conhecimento acerca da doença. Considerações Finais: ao conhecer esse processo, os profissionais de enfermagem podem contribuir para diminuir o impacto do diagnóstico, apoiando a família e criança/adolescente no enfrentamento de mudanças.

Biografia do Autor

Giovana Calcagno Gomes, Universidade Federal do Rio Grande
Doutora em Enfermagem. Professora do curso de graduação em enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande. Programa de Pós-graduação em Enfermagem.
Moara Avila de Jesus Moreira, Hospital do Coração do Brasil. Brasília-DF-Brasil
Enfermeira. Mestre em Enfermagem. Consultora da Educação continuada do Hospital do Coração do Brasil. Brasília-DF-Brasil.
Camila Daiane Silva, Universidade Federal do Rio Grande
Doutora em Enfermagem. Professora do curso de graduação em enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande. Programa de Pós-graduação em Enfermagem.
Marina Soares Mota, Universidade Federal do Rio Grande
Doutora em Enfermagem. Professora do curso de graduação em enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande. Programa de Pós-graduação em Enfermagem.
Camila Magroski Goulart Nobre, Secretaria Municipal de Saúde
Enfermeira. Mestre em enfermagem. Enfermeira da Atenção Básica, prefeitura municipal. Rio Grande-RS-Brasil.
Eloisa da Fonseca Rodrigues, Universidade Federal do Rio Grande
Enfermeira. Mestre em enfermagem. Enfermeira da Universidade Federal do Rio Grande-FURG. Rio Grande-RS-Brasil.
Publicado
2019-04-02
Como Citar
1.
Gomes GC, Moreira MA de J, Silva CD, Mota MS, Nobre CMG, Rodrigues E da F. Vivências do familiar frente ao diagnóstico de diabetes mellitus na criança/adolescente. J. nurs. health. [Internet]. 2º de abril de 2019 [citado 15º de junho de 2024];9(1). Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/13393
Seção
Artigos Originais/ Original Articles