Fragmentos da história da Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas1

  • Rita Maria HECK UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
  • Elaine THUMÉ UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
  • Eda SCHWARTZ UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELTOAS http://orcid.org/0000-0002-5823-7858
  • Fernanda LISE MESTRE. DOUTORANDA NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS http://orcid.org/0000-0002-1677-6140
  • Eliana BUSS MESTRE. DOUTORANDA NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
  • Marciane KESSLER MESTRE. DOUTORANDA NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
Palavras-chave: Enfermagem, Aprendizado social, Pesquisa.

Resumo

Objetivo: Caracterizar e contextualizar o Programa de Pós Graduação em Enfermagem no período de 2008 a 2015 comparando a produção científica preconizada na Agenda Nacional de Prioridades em Pesquisa. Método: Estudo descritivo, realizado com dados secundários conforme as variáveis: perfil docente, discente e produção científica. Resultados: No Programa havia 16 docentes permanentes, sendo que cinco realizaram pós-doutorado. Há 58 doutorandos e 23 mestrandos; 10 discentes realizaram doutorado sanduíche e a produção científica aumentou nas revistas de Qualis A1, A2 e B1. Houve 128 defesas e os objetos de estudos vão ao encontro das subagendas “Promoção da Saúde”, “Sistemas e Políticas de Saúde”, “Epidemiologia” e “Saúde Mental”. Considerações finais: o Programa apresentou evolução na qualidade das produções científicas, porém há temas de pesquisa a serem explorados. Sugere-se um estudo mais detalhado do Programa em relação ao cenário nacional.

Biografia do Autor

Rita Maria HECK, UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
Possui graduação em Enfremagem e Obstetrícia pela UNIJUí/RS (1987), mestrado em Extensão Rural pela Universidade Federal de Santa Maria/RS (1993) e doutorado em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (2000). Atualmente é professor Associado da Universidade Federal de Pelotas. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Saúde e Sociedade, Contexto Sóciocultural, atuando principalmente nos seguintes temas: suicidio, enfermagem na perspectiva cultural, plantas medicinais, saúde rural, enfermagem em saúde coletiva e saúde da família.
Elaine THUMÉ, UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
Professora na graduação e pós-graduação no Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas. Mestre em Ciências pela Universidade Federal de Santa Catarina e Doutora em Epidemiologia pela Universidade Federal de Pelotas (2010) com estágio de doutoramento na Harvard T.H. Chan School of Public Health (2009-2010). Coordenadora Adjunta do Programa de Pós-graduação em Enfermagem da UFPel. Experiência na gestão do Sistema Único de Saúde, no ensino e na avaliação de políticas, serviços e programas de saúde. Membro do grupo de pesquisas AQUARES - Acesso e Qualidade na Rede de Saúde. Membro do comitê gestor da Rede de Pesquisa em Atenção Primária à Saúde.
Eda SCHWARTZ, UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELTOAS
Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Federal de Pelotas (1983), mestrado em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (1998) e doutorado em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002). Atualmente é professora Associada da Universidade Federal de Pelotas, docente do Programa de Pós-graduação em Enfermagem da UFPELe da Residencia Multiprofissional da UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS e realizou Pos Doutorado na EEUSP- SP. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem Médico-Cirúrgica, atuando principalmente nos seguintes temas: enfermagem, família, nefrologia, oncologia, neoplasias e quimioterapia.
Fernanda LISE, MESTRE. DOUTORANDA NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
Bacharel em Enfermagem - Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UNOCHAPECÓ/2005), Especialista em Enfermagem Pediátrica-Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS/2006). Mestre em Ciências, área de concentração: Práticas Sociais em Enfermagem e Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Mestrado Acadêmico, Faculdade de Enfermagem, Universidade Federal de Pelotas, (UFPel/2015). Doutoranda - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Faculdade de Enfermagem, Universidade Federal de Pelotas (UFPel/2016-2019); Atualmente é bolsista Demanda Social CAPES. Membro do Núcleo de Condições Crônicas e suas Interfaces (NUCCRIN) - Faculdade de Enfermagem - UFPel. Membro da Sociedade Brasileira de Enfermeiros Pediatras (SOBEP). Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem Pediátrica, condições crônicas na infância.
Eliana BUSS, MESTRE. DOUTORANDA NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2004). Especialização em Saúde Coletiva - habilitação em saúde da família pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2007). Mestrado em Gestão de Políticas Públicas pela Universidade do Vale do Itajaí (2011). Doutoranda em Enfermagem pela Universidade Federal de Pelotas - RS. Tem experiência na área de Enfermagem, tendo atuado na atenção primária à saúde e na docência desde 2007 no ensino teórico e prático da Enfermagem, na atenção primária e média complexidade.
Marciane KESSLER, MESTRE. DOUTORANDA NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
Doutoranda em Ciências: Práticas Sociais em Enfermagem e Saúde pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), linha de pesquisa: Epidemiologia, práticas e cuidado na saúde e enfermagem. Mestre em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) (2016). Especialização em Saúde Pública com ênfase em Estratégia de Saúde da Família (2014). Graduada Bacharel em Enfermagem - ênfase em Saúde Pública pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) (2013). Atualmente é bolsista Demanda Social CAPES; membro da equipe editorial da Revista de Enfermagem da UFSM; participante externo do grupo de pesquisa "Gestão e Atenção em Saúde e Enfermagem" do Programa de Pós-graduação em Enfermagem da UFSM; e membro do grupo de pesquisa "AQUARES: avaliação em saúde" da Faculdade de Medicina da UFPel. Trabalha com as temáticas epidemiologia do envelhecimento, gestão e avaliação de serviços de saúde com foco na Atenção Primária à Saúde.
Publicado
2016-08-24
Como Citar
1.
HECK RM, THUMÉ E, SCHWARTZ E, LISE F, BUSS E, KESSLER M. Fragmentos da história da Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas1. J. nurs. health. [Internet]. 24º de agosto de 2016 [citado 23º de junho de 2024];6(supp):211-23. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/8910
Seção
Artigos Originais/ Original Articles