Identificação do ruído ao longo dos turnos na terapia intensiva neonatal de hospital de ensino

Fabiana Jorge Bueno Galdino Barsam, Natália Yasmin Elisiário Barreto da Silva, Larissa Cristina Lima Uramoto, Cinthia Lorena Silva Barbosa Teixeira, Fernanda Carolina Camargo, Sérgio Antônio Zullo

Resumo


Objetivo: quantificar o ruído ao longo e após turnos de trabalho em uma unidade de terapia intensiva neonatal de um hospital público de ensino para controle ambiental. Métodos: estudo observacional, descritivo em unidade de terapia intensiva neonatal, referência para macrorregião de saúde em Minas Gerais. Foram realizadas quantificações do ruído em parceria com serviço de saúde ocupacional e segurança do trabalho a partir de quatro sessões de aferição entre agosto e setembro de 2017. Resultados: apesar da redução do ruído no período noturno, todos valores aferidos nos diferentes turnos encontravam-se acima dos valores confortáveis para o ambiente, medições entre 62 e 82 dB. Maiores valores identificados devem-se pela: circulação de profissionais, docentes e discentes e necessidade de comunicação verbal. Conclusão: os valores das medições de ruído tem se apresentado acima de recomendações, similar às diferentes localidades mundiais, fato que exige medidas urgentes e sistemáticas para o seu controle.


Palavras-chave


Monitoramento do ruído; Unidades de terapia intensiva neonatal; Conforto do paciente

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/jonah.v9i2.16201



Direitos autorais 2019 Universidade Federal de Pelotas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.