Perfil das idosas atendidas por queda em um serviço de emergência

  • Daiane Lopes Leal BORBA Hospital São Francisco de Paula.
  • Celmira LANGE Universidade Federal de Pelotas
  • Patrícia Mirapalheta Pereira LLANO Empresa Servando e Fhurmman LTDA Pelotas
  • Samanta Bastos MAAGH Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas/EBSERH
  • Aline da Costa VIEGAS Universidade Federal de Pelotas
  • Bianca Pozza dos SANTOS Universidade Federal de Pelotas
Palavras-chave: Idoso, Mulheres, Acidentes por quedas, Enfermagem.

Resumo

Objetivo: identificar o perfil das idosas atendidas por queda em um serviço de emergência no sul do Brasil. Métodos: estudo quantitativo e descritivo. A coleta de dados ocorreu de março a abril de 2010. Os sujeitos foram 153 idosas. Resultados: as idosas com idade mais avançada, faixa etária entre 70-80 anos e brancas foram as que mais sofreram quedas; metade era viúva e possuía renda de até um salário mínimo; mais de dois terços referiram saber ler. A maioria apresentava hipertensão arterial, reumatismo, problemas de memória, nervosismo e visão. Majoritariamente tinham dificuldade para caminhar e utilizavam polifármacos. Ainda, mais de 60% sofreram pelo menos uma queda no ano anterior. Conclusão: os profissionais da saúde devem estar capacitados e preparados para atender à idosa que sofreu acidente por queda, de maneira individualizada e singular, promovendo ações eficazes, orientando novos hábitos, melhorando a condição física, diminuindo assim, os riscos de queda. 

Biografia do Autor

Daiane Lopes Leal BORBA, Hospital São Francisco de Paula.
Enfermeira. Enfermeira Supervisora do Núcleo Materno Infantil do Hospital São Francisco de Paula. Pelotas, Rio Grande do Sul(RS), Brasil.
Celmira LANGE, Universidade Federal de Pelotas
Enfermeira. Doutora em Ciências. Professora Associada da Faculdade de Enfermagem e do Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas. Pelotas, RS, Brasil.
Patrícia Mirapalheta Pereira LLANO, Empresa Servando e Fhurmman LTDA Pelotas
Enfermeira. Doutora em Ciências. Colaboradora da Empresa Servando e Fhurmman LTDA Pelotas, Pelotas, RS, Brasil.
Samanta Bastos MAAGH, Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas/EBSERH
Enfermeira. Mestre em Ciências. Docente da Faculdade de Enfermagem da Universidade Católica de Pelotas e Enfermeira Assistencial do Programa de Internação Domiciliar Interdisciplinar do Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas/EBSERH. Pelotas, RS, Brasil.
Aline da Costa VIEGAS, Universidade Federal de Pelotas
Enfermeira. Mestre em Ciências. Doutoranda pelo Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas. Enfermeira Assistencial do Programa Melhor em Casa do Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas/EBSERH. Pelotas, RS, Brasil.
Bianca Pozza dos SANTOS, Universidade Federal de Pelotas
Enfermeira. Mestre em Ciências. Doutoranda pelo Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas. Enfermeira Assistencial da Prefeitura Municipal de Pelotas. Pelotas, RS, Brasil.
Publicado
2017-04-13
Como Citar
1.
BORBA DLL, LANGE C, LLANO PMP, MAAGH SB, VIEGAS A da C, SANTOS BP dos. Perfil das idosas atendidas por queda em um serviço de emergência. J. nurs. health. [Internet]. 13º de abril de 2017 [citado 23º de junho de 2024];7(1):67-. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/7499
Seção
Artigos Originais/ Original Articles